Jaqueline Silva presta homenagem a contadores de histórias do Distrito Federal

Agência Trabalhista de Notícias 9/09/2019, 8:28


Imagem Crédito: Silvio Abdon/CLDF

Por iniciativa da deputada Jaqueline Silva (PTB), a Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou sessão solene na quarta-feira (4) em homenagem à Semana do Contador de Histórias. A solenidade aconteceu no plenário da Casa e contou com a presença de vários contadores de histórias e alunos.

Em seu pronunciamento, Jaqueline destacou a importância das narrativas. “Contar histórias é uma arte e salva vidas. Ao ouvir grandes histórias, podemos construir um universo mágico na nossa vida interior, alimentando a nossa imaginação, estamos nos salvando de muitos males”, disse.

A parlamentar também destacou que a Comissão de Educação, Saúde e Cultura aprovou os projetos de lei 553/2019, que institui a semana dos contadores de história no Distrito Federal, e o 456/2019, que inclui literatura brasiliense no currículo das escolas públicas. Ambos os projetos são de Jaqueline.

“Se estou hoje aqui devo muito à leitura, pois foi por meio dela que ousei sonhar e consegui conquistar uma cadeira neste Parlamento”, afirmou a petebista.

Já a contadora de história Maristela da Silva ressaltou a importância da profissionalização dos contadores e da ocupação de espaços públicos. Referindo-se à Câmara Legislativa, disse que “este é um dos espaços mais importantes” da nossa cidade. “No momento em que contamos histórias, estabelecemos um elo, elo de cumplicidade afetiva e que nem a eternidade pode arrancar isso de nós”, acrescentou.

O embaixador do projeto Adotando Escritores, Ryan do Santos Maia, disse que a vontade de ler começou desde pequeno e com seis anos publicou seu primeiro livro, “Uma Heroína e um herói: a liga da tecnologia”, que já foi lançado em 22 estados brasileiros.

“O contador de história é, muitas vezes, a pessoa que planta uma sementinha na cabeça de uma criança, que te faz ter o gosto pela leitura e escrita e nos faz querer viajar pelas histórias”, contou Ryan, que tem oito anos de idade.

O deputado Jorge Vianna (Podemos) homenageou Jaqueline Silva, contando a história da vida dela. “Às vezes a gente olha muito para as grandes profissões, dá valor e outras ficam esquecidas. Contador de história é uma profissão belíssima, riquíssima. Quem de nós nunca se emocionou, viajou e se incentivou com uma história?”, questionou Vianna.

A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) falou sobre a transversalidade do trabalho do contador de histórias. “Existem vários tipos de inteligência, e o contador de história auxilia na educação e desenvolvimento dessas inteligências”, disse.

Durante a sessão, os contadores apresentaram seus trabalhos para os deputados e alunos e professores da escola da rede pública.

Com informações da Câmara Legislativa do Distrito Federal