Jefferson comenta decisão da Justiça de impedir licitação do trem bala

PTB Notícias 2/10/2011, 12:05


Leia abaixo comentários do Presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, publicados em seu blog na internet (www.

blogdojefferson.

com) neste domingo (02/10/2011):Não têm mais o que inventar.

.

.

Na falta de ter como atacar o edital, ou as questões ambientais, o Ministério Público abusou da criatividade para impedir o andamento da licitação para o projeto do trem bala.

A pedido dos promotores, a Justiça Federal decidiu que o trem só poderá ser licitado quando a ANTT regularizar todas as linhas do transporte rodoviário público interestadual que trafegam numa extensão superior a 75 km.

Além da criatividade, abusaram da desonestidade.

Qual a relação entre o trem bala e as linhas de ônibus? Pra mim, bateram na cangalha pro burro entender.

Eles não se emendam.

.

.

O Ministério Público foi além na intenção de colocar a mão dos promotores na cumbuca bilionária do trem bala: conseguiu que a Justiça Federal de Brasília proibisse o projeto de ser implantado na estrada de ferro entre o Rio de Janeiro e Campinas enquanto todas as linhas de serviço público de transporte de passageiros previstas nas Resoluções 2.

868 e 2.

869, da própria ANTT, não estiveram devidamente outorgadas.

Por determinação da Justiça, a ANTT também terá que cumprir um cronograma de licitação dos serviços regulares de transporte rodoviário interestadual, previsto até setembro do próximo ano.

São absurdas e incompreensíveis as exigências dos promotores, e cheiram mal.

É o que eu sempre digo: a população elege seus governantes de forma democrática para gerenciar o orçamento e a aplicação dos recursos dos impostos, mas o poder concursado é que quer mandar no dinheiro.

Esse jogo está pesado.

Em cima de Lula e dos tucanos! Ainda sobre a pesquisa CNI/Ibope que revelou o crescimento da aprovação do governo Dilma, os números da sondagem mostraram que a presidente vem crescendo mais na região Sul/Sudeste, a reboque da boa acolhida à reação do governo às denúncias de corrupção, a chamada “faxina”.

Dilma está conquistando fatias do eleitorado no principal território do PSDB, e onde Lula é pior avaliado.

É um novo dado que acrescenta uma dose a mais de combustível na fogueira em que ardem as vaidades tucanas.

Vida anda dura O resultado da pesquisa CNI/Ibope, sobre o crescimento da popularidade da presidente Dilma na região do país dominada pelos tucanos, não vem de agora, mas é reflexo dos muitos erros cometidos pela candidatura presidencial de José Serra.

Ao negar a defesa das conquistas do partido na era FHC, e pior, ao querer se colocar como continuador de Lula, Serra se igualou aos petistas, não promoveu qualquer distinção entre os discursos dos dois partidos, colocando na cabeça do eleitor a visão de que deixar de votar no PT pelo PSDB era algo como trocar seis por meia dúzia.

Agora está aí o resultado, e o PSDB perde votos em sua mais forte base territorial.

As coisas estão cada vez mais difíceis para a tucanada.

E viva o ecletismo musical! Há que se destacar o sucesso do festival Rock in Rio 2011, que está sendo finalizado neste domingo com os últimos shows de sua programação.

Apesar das notícias sobre assaltos, dificuldade de transportes e desorganização no trânsito, o saldo foi amplamente positivo para a cidade, que passará por três grandes eventos mundiais nos próximos cinco anos (Copa das Confederações da FIFA, jogos da Copa do Mundo 2014 e as Olimpíadas de 2016).

A conversa sobre os shows da semana passada e desta invadiu todas as esquinas, bares e padarias da cidade, e pela televisão, milhões de brasileiros puderam acompanhar a impecável organização do evento.

Estão de parabéns a Prefeitura e o Governo do Rio e o empresário Roberto Medina.

Que venha o próximo, com atrações cada vez mais ecléticas e variadas, em nome da democracia plena de gostos e opiniões.