Jefferson torce por renovação de aliança PSDB-PTB em Cuiabá

PTB Notícias 14/09/2007, 21:33


O Presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, fez uma visita ao prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, nesta sexta-feira (14/9), no 7º andar do Palácio Alencastro, acompanhado da direção estadual do partido.

O líder nacional do PTB, pivô da crise do mensalão que o governo Luis Inácio Lula da Silva atravessa, fez questão de destacar a aliança do partido trabalhista com o prefeito Wilson Santos e fez votos de renovação para as eleições de 2008.

“O PTB é quem decidirá, mas a renovação de aliança com o prefeito Wilson Santos tem o meu apoio”, disse o líder nacional do partido.

Segundo Roberto Jefferson, o PTB de Mato Grosso está com o prefeito Wilson Santos desde o começo da atual gestão.

“É uma parceria que está dando certo e tem o meu apoio”, reforçou o presidente do partido.

As lideranças trabalhistas também conversaram com o prefeito Wilson Santos sobre a conjuntura nacional e estadual.

“O Brasil deve ao senhor esse gesto de coragem”, disse o prefeito Wilson Santos, que foi colega de Roberto Jefferson na Câmara Federal por seis anos.

Além de Jefferson, fizeram parte da comitiva o presidente do Diretório Estadual do PTb no Mato Grosso, Osvaldo Sobrinho, o deputado estadual e presidente municipal do partido, Chico Galindo, o vereador Clovito, o secretário de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo de Cuiabá, João Vieira, além de Homero Florisbelo, coronel Magalhães, Marco Túlio e Carlos Hadad, o Tuba.

Após o encontro com o prefeito, o Partido Trabalhista Brasileiro realizou em Cuiabá o Encontro Estadual do partido no Mato Grosso.

Aos mais de 300 militantes petebistas que lotavam o Plenário e os corredores da Assembléia Legislativa matogrossense, o presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, em companhia do deputado estadual Chico Galindo e do presidente do PTB Estadual, Osvaldo Sobrinho, falou dos rumos do partido e comentou o caso Renan Calheiros.

O Presidente do PTB anunciou que o partido libera Mato Grosso e os demais estados para fazerem suas composições com autonomia.

“Os Estados estão liderados.

Liberados para fazer as composições respeitando a história, as necessidades e realidades de cada um”, disse Roberto Jefferson.

A decisão da Executiva Nacional, segundo Jefferson, foi tomada há cerca de um mês.

Segundo ele, diferente das anteriores, na próxima eleição o PTB vai priorizar as realidades regionais, para depois definir as composições nacionais.

“Em 2004 privilegiamos as alianças com o PT no Rio de Janeiro, São Paulo Minas Gerais, Paraná, Goiás, Acre.

Mas não foi bom e tivemos até que tomar medidas de força em alguns lugares.

Essa mania de fazer o Brasil a partir de Brasília é um equívoco provocado pela centralização da arrecadação de impostos.

O Brasil começa nos municípios, é preciso considerar as realidades regionais”, afirmou.

Depois de ouvir oficialmente a decisão da Executiva Nacional, o presidente Regional, Osvaldo Sobrinho, disse que Mato Grosso seguirá a mesma determinação, liberando os municípios que devem optar pela melhor forma de disputar a eleição em 2008.

Para ele, “essa orientação demostra a prática democrática do partido, estimula os militantes comprometidos e permite que o partido seja um espaço para se respirar liberdade e democracia”.

Em Cuiabá, principal colégio eleitoral do Estado, Sobrinho disse que o PTB tem uma proposta consolidada para a disputa minoritária com 35 pré-candidatos.

Para a majoritária, o debate continua.

“Temos nomes bons no partido, mas vamos estudar.

Não falamos em nomes até 04 de outubro”, disse.

Sobre um possível apoio à reeleição de Wilson Santos, ele disse que por enquanto se mantém, mas uma composição política deve ser debatida após a análise dos nomes do partido com vistas a disputa em 2008.

O PTB possui dois secretários na administração municipal – João Vieira (Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo) e Júlio Pinheiro (Habitação) – e os vereadores Clovito Hugueney e Dilemário Alencar na base de apoio na Câmara, além de outros cargos nos demais escalões.

O partido Trabalhista Brasileiro (PTB) que tem o 14 como legenda eleitoral, existe no país desde 1945 e existe em dois regimes, no democrático – de 1945 a 1965 – e sendo recriado após abertura do Regime Militar.

Jeffersor é o seu presidente e está á frente do partido desde 2006.

O partido está estruturado nos 27 Estados e tem quatro senadores atualmente, além de 23 deputados federais.

Em Mato Grosso, o partido conta com 19 mil filiados, em 104 municípios.

fonte: site 24Horas News (MT)