Jeruza Lisboa e presidente da Câmara de Poá pedem Seccional a Alckmin

PTB Notícias 9/04/2012, 6:09


Acompanhado da presidente do PTB de Poá (SP), vereadora Jeruza Lisboa Pacheco Reis, o presidente da Casa de Leis poaense, Deneval Dias do Nascimento (PRB), fez a entrega de duas Moções de Apelo ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) no último 30 de março, durante a visita do tucano ao Alto Tietê para o anúncio de investimentos acerca da Agenda Metropolitana.

Além de solicitarem a criação de uma Delegacia Seccional em Poá, os parlamentares também pediram oficialmente ao Governo do Estado soluções urgentes quanto ao atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) aos pacientes da cidade, já que faltam leitos e infraestrutura médico-hospitalar nas unidades de referência da região.

A entrega dos documentos por parte dos vereadores de Poá ocorreu minutos após o término do evento que marcou o anúncio de R$ 5,8 bilhões em investimento para os municípios do Alto Tietê e de Guarulhos nos próximos anos por meio da Agenda Metropolitana.

O encontro, que contou com a presença de 22 secretários do Governo do Estado, de diretores e superintendentes de empresas e autarquias da esfera estadual, bem como de prefeitos, vereadores e deputados da região, além de um público estimado em 1,5 mil pessoas, foi abrigado no Paradise Lake & Golf Resort, no Distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes, e também serviu de pano de fundo para a realização de câmaras temáticas durante toda a manhã.

Ao fim do pronunciamento de Alckmin, que em 15 meses de mandato, esteve no Alto Tietê pela 15ª vez, Deneval e Jeruza entregaram ao governador duas Moções de Apelo elaboradas pela Câmara de Poá e assinada por todos os 11 vereadores da Casa de Leis.

No documento, os parlamentares pedem ao Governo do Estado a criação de uma Delegacia Seccional no município, o que permitiria a instalação, também, de uma Delegacia da Mulher e de um agrupamento do Corpo de Bombeiros.

Segundo os vereadores de Poá, a intenção com o projeto é proporcionar melhorias à segurança pública do município, já que os plantões no DP Central estão sendo realizados, em alguns dias da semana, em sistema de “rodízio” entre os delegados, que, ao mesmo tempo, atendem outros municípios vizinhos, como Itaquaquecetuba, por exemplo – condição que prejudica o atendimento à população e a solução de delitos e acaba favorecendo a ação de criminosos.

Jeruza e Deneval adiantaram a Alckmin que Poá pode oferecer o espaço físico para a construção da Seccional.

Seria o prédio desativado do antigo Fórum, localizado no número 155 da avenida Antônio Massa.

SaúdeOs vereadores poaenses também aproveitaram a visita do governador ao Alto Tietê para entregar ao tucano uma Moção de Apelo direcionada à Secretaria Estadual de Saúde quanto à ausência de estrutura adequada médico-hospitalar no Alto Tietê para atender, em suas unidades de referência credenciadas, pelo SUS, pacientes de Poá e de outras cidades da região com quadros de alta complexidade.

Nos últimos tempos, as recusas em receber enfermos esbarram na falta de leitos, de ambulâncias, de equipamentos e de medicamentos.

Sem vagas no Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba, e no Hospital Regional “Doutor Osíris Florindo Coelho”, em Ferraz de Vasconcelos, pacientes do Alto Tietê têm como única alternativa deslocar-se até São Paulo.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal do PTB de São Paulo