João Manoel encerra Semana Educativa Pipas sem Mortes, em Piracicaba

PTB Notícias 29/06/2015, 8:16


Mais de 200 alunos de escolas municipais de Piracicaba (SP) e um grupo de estudantes do Centro de Reabilitação, acompanhados de professores e inspetores, ocuparam, na sexta-feira (26/6/2015), as dependências da área de lazer da rua do Porto, complexo João Herrmann Neto, para acompanhar as atividades lúdicas e esportivas no encerramento da Semana Educativa Pipas sem Mortes, coordenada pelo presidente da Câmara Municipal, vereador João Manoel dos Santos (PTB).

O projeto, em parceria com a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), Corpo de Bombeiros e a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras (Selam), dinamiza o decreto legislativo 07/1999, de iniciativa do ex-vereador Luciano Júnior, objetivando a conscientização das crianças e a população em geral a empinar pipa com segurança, sem o uso de cerol para evitar acidentes.

Na oportunidade, os alunos receberam reforço de informações que tornam a brincadeira de soltar pipas mais segura, como não usar linha com cerol, brincar longe de postes de energia elétrica e outras orientações que tiveram durante a semana ao participar do ciclo de palestras em suas escolas.

As crianças foram submetidas à aquecimento e alongamento físico, por intermédio do professor Rogério Constantino, da Secretaria Municipal de Esportes.

No final do evento, após um lanche, participaram da revoada de pipas, onde diversos pontos do complexo da área de lazer foram utilizados pelas escolas, no preparo e soltura das pipas.

Os representantes da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), Tiago Santo André (técnico de segurança) e Evandro Freire (engenheiro de campo), destacaram a importância da continuidade do projeto, que atua no processo de conscientização das crianças sobre a prática segura de soltar pipas.

Também como parceiro do projeto, o Corpo de Bombeiros, 16º Grupamento de Piracicaba se fez representar pelo cabo Guaracy, que reforçou as recomendações para que as crianças não soltem pipas com cerol, por que isto se transforma numa verdadeira arma, que pode matar alguém.

O secretário municipal de Esportes, João Francisco Rodrigues de Godoy, foi representado pelo chefe de setor de eventos, Alexandre Franco do Nascimento, que enfatizou a importância de se observar que na brincadeira de soltar pipas é como num jogo, sendo imprescindível a existência de regras para garantir mais segurança ao cidadão.

Ele finalizou suas considerações lembrando que cada criança que participou do programa agora tem uma missão pela frente, no sentido de melhor informar os pais e familiares, além de amigos e colegas de classe que não receberam estas mesmas orientações.

A aluna Larissa Oliveira da Silva, de 15 anos, da Escola Municipal Antônia Benedita Eugênia, disse que aprendeu importantes lições de vida ao participar do projeto, e agora sabe que soltar pipa com cerol pode provocar sérios acidentes, e até matar alguém.

O vereador João Manoel dos Santos prestou homenagens aos parceiros do projeto, e enfatizou a importância dos alunos repassarem as informações recebidas durante as palestras e serem os novos colaboradores na divulgação e fiscalização das práticas sadias ao soltarem pipas, em procedimentos que evitem acidentes.

O parlamentar destacou a conduta exemplar dos alunos da escola José Pousa de Toledo – Bosques do Lenheiro.

João Manoel também passou a mensagem aos alunos, sobre o valor de uma vida, que não tem nada que pague.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Câmara Municipal de PiracicabaFoto: Paulo Ricardo dos Santos/Câmara Municipal de Piracicaba