João Vicente Claudino defende instalação de IFPIs nos municípios do Piauí

PTB Notícias 29/04/2011, 8:53


O Senador João Vicente Claudino (PTB-PI) defendeu, no Senado Federal, na noite de terça-feira (26/04), a aprovação de projetos que viabilizem investimentos no setor da educação, como por exemplo, a instalação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPI) em alguns municípios piauienses, a exemplo do que será feito em São João do Piauí.

“A Educação é um direito previsto a todos os brasileiros e para que chegue ao alcance de todos são necessários investimentos, que ultimamente não estão sendo disponibilizados em todos os municípios piauienses”.

João Vicente destaca que a criação desses centros é reivindicação dos próprios moradores dos municípios que, ao terminar o ensino médio, não podem se preparar para o mercado de trabalho.

Ainda durante o seu pronunciamento, o senador agradeceu o convite do professor Francisco Santana, Reitor do IFPI do Estado do Piauí, para participar da solenidade de assinatura da ordem de serviço da construção do campus do IFPI em São João do Piauí.

“Fico feliz porque por ter sido autor desse projeto que pede a instalação de um campus do IFPI em São João do Piauí, que é uma região promissora e que ainda tem muito potencial de desenvolvimento.

Próximo a São João, na cidade de Capitão Gervásio Oliveira, está instalada uma indústria mineradora da Vale que explora o níquel e outros minérios naquela região, e esse IFPI vem, dentro da sua grade curricular, formar mão de obra para que aquela região se desenvolva mais ainda com trabalhadores cada vez mais qualificados”, afirmou o senador.

João Vicente também é autor de mais três projetos de lei para criação de unidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPI) no Piauí.

Estas unidades deverão ser instaladas nos municípios de Esperantina, Barras e Valença.

Atualmente, o IFPI está nas cidades de Teresina, Floriano, Picos, Parnaíba, Uruçuí, Corrente, São Raimundo Nonato, Angical do Piauí, Paulistana, Piripiri, São João do Piauí, Pedro II, Oeiras e Valença do Piauí, com mais de 8 mil alunos matriculados e oferecendo uma gama de cursos de formação profissional, que abrange desde a educação básica, técnica e superior, até o pós-superior em processo de verticalização do ensino.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal 180 Graus