João Vicente Claudino (PI) alerta para falta de investimento em educação

PTB Notícias 6/10/2011, 15:14


O senador João Vicente Claudino, do PTB do Piauí, disse nesta terça-feira (04/10/2011) em discurso no plenário que no ranking das melhores escolas, segundo o Exame do Ensino Médio (Enem), o Piauí figurou com cinco escolas entre as 100 melhores do país em 2010, todas particulares.

Por outro lado, assinalou o senador, o estado também apresentou as piores entre as escolas públicas.

Para ele, a reflexão sobre esse resultado leva ao diagnóstico de “abandono, do pouco caso com a educação, da irresponsabilidade de gestores públicos”.

O parlamentar observou que entre as dez melhores do ranking do Enem, somente uma delas é pública, vinculada à Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais, evidenciando a existência de um enorme abismo entre as escolas públicas e particulares.

Ele salientou que os problemas são recorrentes: má gestão de recursos públicos, pouco investimento em professores e auxiliares, pouco interesse e pouca participação dos pais na vida escolar de seus filhos.

“Precisamos nos apressar a ser resolutivos, porque não podemos permitir que o próspero futuro que esperamos para o Brasil seja transformado em tempo perdido, virando página manchada na história.

E isso não é um problema pontual do Piauí.

É um problema da nação”, alertou o petebista.

João Vicente Claudino observou que, a cada ano, aproximadamente 2 milhões de estudantes brasileiros concluem o ensino médio; cerca da metade desse número ingressa no ensino superior.

Ele questionou o que o restante desses jovens fará de suas vidas e como se pode obter bons resultados se o país investe cada vez menos em educação.

O senador citou levantamento feito pela Controladoria Geral da União (CGU) apontando que 70% dos recursos públicos desviados são das áreas de saúde e educação.

“Quanto à saúde, o problema se restringe a nossa vivência no presente, com todo o caos que vemos.

Mas, na área de educação o problema se estende ao futuro, tornando o problema mais sensível, pois é justamente o que deixaremos a nossos descendentes, nossos filhos amados.

Educação de qualidade é o único caminho para que o país tenha futuro”, afirmou o senador petebista.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Moreira Mariz/Agência Senado