João Vicente Claudino repercute crise na Universidade Estadual do Piauí

PTB Notícias 15/04/2011, 6:10


O senador João Vicente Claudino (PTB-PI) repercutiu, da tribuna do Senado, os dados da última pesquisa sobre a presença dos jovens na universidade.

A pesquisa indica que apenas 13,8% dos brasileiros entre 18 e 24 anos estão matriculados em instituições de ensino superior.

O senador lamentou que, infelizmente, esse índice é menor do que o de países como México, Chile ou até mesmo a Turquia.

João Vicente Claudino ressaltou que uma educação de qualidade favorece o acesso ao emprego e aumenta a capacitação profissional.

Ele disse ser vergonhoso para o país que nenhuma universidade brasileira tenha aparecido na lista das 100 melhores instituições de ensino superior do mundo divulgada recentemente.

“A educação tem que verdadeiramente fazer parte das discussões do dia a dia e se tornar prioridade efetiva”, insistiu o parlamentar, em seu discurso.

Em aparte, a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) afirmou que, para o Brasil ter uma educação realmente de qualidade, deveria investir pelo menos 10% do Produto Interno Bruto (PIB) no setor educacional.

Uma pesquisa recente do IBGE mostra que a taxa de evasão no ensino superior no Brasil tem avançado.

Ela foi de cerca de 12% em 2007 e hoje passa de 15%.

Se for visto apenas o ensino superior privado – que, com programas como o ProUni e o Fies, é responsável por cerca de 75% das matrículas no nível superior hoje -, a evasão cresceu de cerca de 14% para quase 20%.

O senador registrou também que a Universidade Estadual do Piauí (Uespi) passa por uma “crise sem precedentes”, com falta de recursos e baixos salários para os professores.

Os docentes suspenderam um movimento grevista recente por solidariedade aos alunos, mas a greve pode ser retomada a qualquer momento, avisou o senador.

A crise na Uespi vem se arrastando há anos, sem que o governo adote as providências necessárias.

No Palácio de Karnak informa-se, a propósito, que os problemas da universidade têm tirado o bom-humor do governador Wilson Martins.

Na avaliação dele, a Uespi vive exclusivamente um problema de gestão.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações da Agência Senado