João Vicente Claudino trata de cargos diretamente com governo federal

PTB Notícias 19/07/2007, 8:49


O senador João Vicente Claudino, presidente do Diretório Estadual do PTB no Piauí, foi categórico ao afirmar nesta quarta-feira, 18, que, mesmo os deputados de partidos que não fizeram alianças com o PT, têm direitos a cargos federais, porque estes parlamentares estão votando a favor de projetos do presidente Lula no Congresso e no Senado.

João Vicente vem mantendo conversas sobre nomeações de cargos federais diretamente com o ministro das Relações Institucionais, Walfrido Mares Guia, que é do mesmo partido do senador, o PTB.

Alguns petistas piauienses estariam insatisfeitos com a nomeação de cargos federais pelos democratas Mussa Demes e Julio César, virtuais aliados de João Vicente.

Mas de nada adiantaram os protestos de Nazareno Fonteles, ao que tudo indica os democratas terão uma cota no bolo de cargos a ser repartido nas próximas semanas.

O ministro Mares Guia informou a João Vicente que no máximo na primeira semana de agosto todos os cargos federais nos estados já estarão definidos.

“Ontem o ministro Walfrido Mares Guia me ligou e foi dentro daquilo que eu sempre colocava.

O presidente Lula definiu um cronograma para a definição dos espaços e a partir de abril ele começou a nomear os ministros e daí os cargos federais, segundo e terceiro escalão, ontem o ministro disse que neste mês de julho, no máximo na primeira semana de agosto estará tudo definido”, disse o senador petebista.

João Vicente disse que faltou uma discussão mais clara e aberta sobre quais critérios para a nomeação dos cargos federais.

“Faltou todos sentar à mesa e discutir os critérios disso.

Nós temos que ver quem faz parte da base do governo Lula no Congresso Nacional, independente da sigla que ele ocupa, a base do governo é formada por políticos da Câmara que extrapolam até aqueles partidos que fizeram aliança com o presidente Lula, mas que deram apoio aos seus projetos”.

A relação próxima dos democratas Julio César e Mussa Demes com o senador João Vicente provocou declarações do presidente do DEM, Valdeci Cavalcante de que eles deveriam deixar o partido.

João Vicente disse que os problemas dos Democratas devem ser resolvidos dentro do próprio partido.

“Eu acho que se o partido tem problemas eu acho que o presidente tem que resolver, eu como presidente do PTB eu resolvo todos os problemas do PTB.

Se houver este descompasso, este desentendimento tem que chamar e definir o próprio partido”, comentou João Vicente.

fonte: Jornal Diário do Povo (PI)