Jorge Côrte Real defende ampla reforma tributária para impulsionar desenvolvimento do país

Agência Trabalhista de Notícias - 4/09/2018, 8:38

Crédito: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Imagem

Em discurso no plenário da Câmara dos Deputados, o deputado Jorge Côrte Real (PTB-PE) ressaltou que a elevada carga tributária funciona como um inibidor da competitividade nacional.

O petebista citou estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) que mostra que o Brasil já tem uma carga tributária em que a média de impostos equivale a 34,4% do Produto Interno Bruto (PIB), o maior percentual entre os 22 países da América Latina e Caribe. Jorge Côrte Real defende uma ampla reforma tributária para impulsionar o desenvolvimento do país.

“A rigor, uma reforma abrangente do sistema tributário implicará com certeza uma reforma na própria máquina administrativa e governamental do país, alimentada pela contribuição dos trabalhadores e empresários brasileiros”, afirmou.

O deputado lembrou que, recentemente, a paralisação dos caminhoneiros, em todo o país, trouxe à tona a realidade dos impostos embutidos nos combustíveis arrecadados pela União e pelos estados, em que o percentual maior fica por conta do ICMS em favor dos estados.

“Em síntese, temos a constatação de que o equacionamento da carga tributária é uma questão primordial para alavancar o desenvolvimento e a prosperidade social desta nação”, finalizou.

Com informações da Agência Câmara Notícias