Jornalista de MS confirma pré-candidatura a deputado estadual pelo PTB

PTB Notícias 14/02/2014, 17:06


Já pensando em um espaço na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o presidente estadual do PTB, Ivan Louzada, começa a encabeçar a chapa de pré-candidatos a deputado.

Segundo Louzada, a lista é extensa e contém fortíssimos nomes.

“Estamos estudando também a possibilidade dentro do nosso quadro de filiados uma candidatura na majoritária.

Ainda é cedo para alguma afirmação, mas ressalvo que estamos estudando sim essa possibilidade”, garante o dirigente.

“Estou trabalhando e viajando muito para o interior do Estado, e sei que posso contar com amigos e companheiros petebistas que seguem da mesma doutrina.

Posso citar aqui o jornalista Valdovir José, mais conhecido como Jota Menon.

Sempre admirei seu trabalho, um jornalista que tem história, um comunicador de excelente qualidade.

Para mim é um prazer recebê-lo no PTB, e posso afirmar que ele é muito cotado para concorrer ao cargo de deputado estadual”, diz Louzada.

Segundo Menon, o interesse ao se filiar ao PTB surgiu devido às eleições de 2012, onde o partido lançou a chapa pura, dando mais possibilidades aos candidatos.

“Na eleição passada, vários dirigentes partidários se propuseram a lançar chapa pura para concorrer às vagas da Câmara Municipal.

O Ivan Louzada, meu amigo de Paranaíba desde 1983, foi um dos poucos que ousou e fez o certo.

Lançou chapa pura, com candidatos em igualdade de condições, elegendo em Campo Grande um vereador”, diz Menon.

Para o jornalista os partidos crescem disputando eleições.

“É disputando eleições que um partido cresce.

E chapa pura oxigena o partido.

O Ivan Louzada vai ousar novamente em 2014 lançando chapa pura para a Assembleia Legislativa e tem bons nomes para disputar um espaço na Câmara Federal.

Tenho plena convicção de que o PTB vai eleger dois deputados estaduais e se duvidar faz o terceiro na sobra de legenda.

Em outras palavras, filiar ao PTB, representa igualdade na disputa, um partido que tem seus vínculos históricos ligados ao trabalhismo e ao mesmo tempo estar em uma legenda que é dirigida, em Mato Grosso do Sul, por alguém que tem prestígio junto ao Diretório Nacional.

O Ivan tem visão política e vai fazer o partido crescer muito em nosso Estado”, completa o comunicador.

“Estou no PTB porque quero sim ajudar o PTB a eleger dois deputados estaduais, se possível três – e que se der tudo certo que o terceiro seja eu”, encerra Menon.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do PTB-MSFoto: Divulgação