José Auricchio volta a bater na porta do BNDES por recursos federais

PTB Notícias 5/03/2011, 8:38


O prefeito de São Caetano do Sul (SP), José Auricchio Júnior (PTB), esteve em Brasília nesta semana para bater na porta do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e insistir na captação dos R$ 30 milhões de empréstimo referentes à ampliação do complexo hospitalar Márcia e Maria Braido, no bairro Olímpico.

A viagem do petebista se viabilizou, principalmente, para mostrar que a Prefeitura ainda não desistiu de alcançar a liberação do aporte financeiro para a obra.

“Fui conversar na Comissão de Assuntos Econômicos, no Senado Federal.

Não há novidade e nem documentos em falta, mas o pedido continua em tramitação na Secretaria de Tesouro Nacional”, sustentou Auricchio.

Segundo o prefeito, a administração municipal mantém executando o edital de licitação para financiar a intervenção com recursos próprios, que deverá ser concluído em aproximadamente 45 dias.

“Após a finalização do certame, entregaremos o anexo em 12 meses.

“Com a visita do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, ao Grande ABC, exaltando a intenção de incentivo à saúde da mulher, a assessora especial de Coordenação de Ação Social, Regina Maura Zetone, já adiantou que a Prefeitura vai mandar projeto à União para pleitear equipamento ao futuro Hospital da Mulher, ao lado do complexo Maria Braido.

De acordo com Regina Maura, a intenção é buscar o montante por meio do Fundo Nacional de Saúde diretamente pelo Fundo Municipal, sem precisar de convênio com a Caixa Econômica Federal ou Siconv (Sistema de Convênio).

“Queremos a transferência fundo a fundo.

” A alternativa consiste no repasse de valores de forma regular e automático, diretamente do Fundo Nacional para os Estados e Municípios, independentemente de contrato ou instrumento similar.

Destina-se ao financiamento dos programas do SUS (Sistema Único de Saúde) e abrange recursos para procedimentos de média e alta complexidade, para a atenção básica e para ações estratégicas.

Regina Maura revelou que Auricchio conseguiu novo endereço para a instalação da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) na cidade.

“O equipamento será instalado na Rua dos Castores (bairro Mauá).

” O equipamento sofreu entrave no andamento do processo de implantação no bairro São José.

“Recebemos o primeiro incentivo de 15% do valor da obra total.

Vieram R$ 200 mil, mas o problema era devido à dificuldade de terreno.

Lá não havia espaço para recuo, mesmo fazendo em dois andares.

Fomos obrigados a oferecer outra área”.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Diário do Grande ABC