José Geraldo destaca o Dia Internacional do Cooperativismo

PTB Notícias 6/07/2007, 10:58


O deputado estadual José Geraldo (PTB/TO) usou a tribuna, durante sessão extraordinária, na tarde desta terça-feira (03/07), para celebrar o dia Internacional do Cooperativismo, comemorado no próximo dia 07, e que tem como tema, neste ano, “Os princípios e valores cooperativos para a Responsabilidade Social Corporativa”.

De acordo com o parlamentar a principal intenção é celebrar a contribuição que os cooperativistas têm dado a toda sociedade.

“A Responsabilidade Social Corporativa (RSC) pretende ressaltar como o mundo dos negócios pode melhorar a sociedade através de comportamentos responsáveis, relatórios de gestão e contabilidade transparentes, comprometimento dos sócios, inovação e governabilidade” justificou.

Para o parlamentar a melhor forma de retribuir o trabalho feito pelo segmento, especialmente no Tocantins, é aprovando o projeto que dispõem sobre a Política de Apoio ao Cooperativismo do Estado e que se encontra em tramitação nas comissões da Assembléia Legislativa.

José Geraldo também disse que devido à política democrática instituída no segmento, as cooperativas sempre tiveram como objetivo mais do que um simples retorno financeiro, ou seja, valores específicos como à auto-ajuda, a auto-responsabilidade, democracia, igualdade, equidade e solidariedade.

“Estes valores são os elementos básicos de qualquer compromisso genuíno, de longo prazo, da Responsabilidade Social Corporativa”.

O deputado apresentou vários exemplos de empresas que possuem dentro da política institucional o trabalho de responsabilidade social, entre elas, a Mondragón Corporação Cooperativa, na Espanha; o Grupo Cooperativo, do Reino Unido; a Amul (Federação de Comercialização das Cooperativas de Laticínios), da Índia; a Desjardin, no Canadá; a Coamo, a Frimeza, a Lar, no Paraná e a Carol, em São Paulo.

Outros números, apresentados pelo petebista, demonstram que no Brasil este trabalho vem sendo desenvolvido por 7.

518 Cooperativas, com 6.

791.

000 associados, gerando assim 200.

000 empregos.

Já no Tocantins, estão registrados na Organização das Cooperativas do Tocantins – OCB/TO, 52 cooperativas, com 7.

209 associados, que geram 1.

200 empregos.

O projeto de lei que está em tramitação desde 22 de fevereiro, visa obter junto a Assembléia Legislativa a criação de lei que forneça suporte de trabalho a estas cooperativas, que possuem um papel fundamental no desenvolvimento do Tocantins.

O principal objetivo, segundo José Geraldo, é criar instrumentos e mecanismos que estimulem o contínuo crescimento das atividades das instituições de cooperação, bem como fomentar o desenvolvimento e a autogestão nas cooperativas implantadas no Estado.

O deputado José Geraldo defende que a criação de políticas públicas destinadas ao associativismo e cooperativismo influencia diretamente o crescimento econômico e estabelece condições otimizadas de trabalho e renda aos cooperados e a comunidade no geral.

Agência Trabalhista de Notícias