José Geraldo participa de reunião que cria GGIM em Paraíso do Tocantins

PTB Notícias 23/05/2012, 8:11


Na manhã da última segunda-feira, 21/05, o deputado José Geraldo (PTB-TO) mantendo sua proposta de reduzir a criminalidade no município de Paraíso do Tocantins, reuniu-se com o presidente da Câmara Municipal, Vereador Virgílio Azevedo (PTB), com os delegados da polícia civil, Dr.

José Antônio da Silva e Dr.

Cassiano Ribeiro Oyama, com o Comandante do Corpo de Bombeiros, Capitão Cléber José Borges Sobrinho, o subcomandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, capitão Flávio Santos Brito, o gerente do Naturatins, representando o deputado Osires Damaso, Rodrigo Nascimento, o presidente da Amicro, Whisllan Maciel Bastos, o representante do Instituto Jovens de Valor, Leojames Neiva dos Santos, o assessor jurídico da prefeitura, Whillam Maciel Bastos, o prefeito, Sebastião Paulo Tavares e com a imprensa local.

A reunião que havia sido programada durante a audiência ocorrida na última quinta-feira, 17, aconteceu na Sala de Comissões da Câmara Municipal, onde José Geraldo se mostrou bastante preocupado: “Já ocorreram mais dois crimes em Paraíso, um deles no dia seguinte àquela nossa reunião.

Isso não pode continuar assim, os bandidos estão tranquilos, tomando conta da cidade.

Precisamos de uma equipe ostensiva.

Precisamos trabalhar o desarmamento”.

O delegado José Antônio concordou com o parlamentar: “O policiamento ostensivo e preventivo é fundamental, e o Coronel Marielton foi bastante compreensivo ao nos enviar mais uma viatura com efetivo na manhã desta segunda-feira”.

Com uma explanação simples e coesa, o subcomandante do 8º BPM, Flávio Brito, sugeriu que fosse criado o Gabinete de Gestão Integrada Municipal – GGIM: “Este Gabinete é uma ferramenta do Programa Nacional de Segurança Pública, o Pronasci, e tem como eixos de atuação a gestão integrada, a atuação em rede, as reuniões mensais, a atuação por meio de forças tarefas e o fortalecimento e foco nas ações preventivas”.

Outras sugestões de ações para combater a violência no município foram a implementação de um sistema de vídeo monitoramento nos principais pontos da cidade, o envolvimento da população e dos meios de comunicação auxiliando nos trabalhos de conscientização e prevenção, e a aplicação da Lei do Silêncio, tendo em vista, que os sons automotivos além de atrapalharem o sossego alheio, são também grandes causadores dos tumultos que terminam em atos violentos.

“O problema não é só a falta de efetivo, o problema é social, por isso precisamos da ajuda dos paraisenses para obtermos êxito.

O primeiro passo já foi dado, com a aprovação unânime do GGIM”, afirmou José Geraldo satisfeito com o resultado da reunião.

Ao final da reunião ficou definido que o GGIM se reunirá todas as 2ª segunda-feira do mês, tendo sido marcada o próximo encontro para o dia 11 de junho, às 8:00 horas, na Câmara Municipal.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Surgiu