José Múcio diz que não haverá recriação de CPMF pelo governo

PTB Notícias 16/01/2008, 9:15


O ministro de Relações Institucionais, José Múcio, negou que o governo pretenda recriar a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

“Não é idéia do governo”, repetiu várias vezes ao falar a jornalistas nesta terça-feira (15/01), no Palácio do Planalto.

José Múcio enfatizou que se houvesse a intenção de recriar o tributo, o governo não estaria discutindo cortes no Orçamento: “Se existissem rumores de que o governo pretendia, o governo não estava promovendo os cortes”.

Questionado sobre a possibilidade de parlamentares apresentarem projetos para recriar a contribuição, mesmo sem a participação do governo, o ministro respondeu.

“O Legislativo existe para isso, o governo acata ou não acata”.

Segundo ele, nesta quarta-feira (16/01) haverá uma reunião entre o relator-geral do Orçamento, deputado José Pimentel (PT-CE) e o presidente da Comissão Mista do Orçamento, senador José Maranhão (PMDB-PB) com técnicos da Câmara dos Deputados, do Senado e do Ministério do Planejamento para discutir onde haverá cortes de valores.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da Agência Brasil)