Josué Bengtson alerta para alto número de vidas jovens perdidas em acidentes de trânsito

PTB Notícias 12/05/2017, 17:30


Imagem Crédito: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1494621300596{margin-bottom: 0px !important;}”]Ao elogiar as ações promovidas pelo movimento Maio Amarelo – que buscam chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo –, o deputado Josué Bengtson (PTB-PA) lamentou que a maior parte das vítimas seja jovens.

O parlamentar acredita que, se fossem tomadas todas as medidas necessárias, os acidentes praticamente acabariam. “Se a pessoa cumprir a lei, fizer o que tem que ser feito, revisar o seu carro, andar com os pneus bons, tiver uma direção boa, os freios em dia e obedecer às leis, o acidente pode virar zero”, analisa.

Bengtson afirma que basta as pessoas se conscientizarem para os acidentes não acontecerem. “O acidente é diferente de um incidente. O acidente pode ser evitado. O incidente é um caso fortuito, da natureza. A pessoa ser atingida por um raio, não depende dela, mas o acidente é evitável”, defende.

Maio Amarelo

O movimento de escala internacional teve sua abertura oficial na quinta-feira (11) e promoverá eventos de conscientização nas principais cidades do país.

O objetivo do Maio Amarelo é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige.

Acompanhando o sucesso de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o Maio Amarelo estimula as pessoas a promoverem atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.

Com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]