Josué Bengtson: Brasil não tem infraestrutura para armazenar e escoar supersafras

PTB Notícias 11/09/2017, 7:42


Imagem Crédito: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

As projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam para uma safra recorde na agricultura brasileira até o final de 2017, com aumento de 30,1% em relação ao ano passado. Além disso, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nacional para 1% no primeiro trimestre deste ano é creditado a este setor.

Entretanto, nem tudo são boas notícias: com o aumento da produção, aparecem os problemas de infraestrutura. O deputado Josué Bengtson (PTB-PA) afirma que o Brasil ainda não está preparado para safras desse tipo.

“Nossos portos não estão adequados devidamente para escoar uma safra desse tamanho. Enquanto somos abençoados com uma grande safra como esta, a nossa infraestrutura ainda está aquém do necessário”, diz.

Além disso, o parlamentar afirma que as rodovias do país não são boas para o transporte de alimentos e que o ideal seria aumentar números de ferrovias e hidrovias.

Outra dificuldade apontada por Bengtson é a dificuldade de agricultores de vários estados para armazenar a superprodução: “O Brasil perde muitos alimentos por conta da má-estocagem”, avalia.

Ainda assim, o parlamentar continua otimista. “Acredito que, como esta safra nos dá um prelúdio daquilo que poderão ser as próximas, o Brasil vai ter que se preparar, para que possamos não apenas produzir, mas armazenar adequadamente e exportar na hora certa, quando os preços estão melhores”, pondera.

Com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados