Jovair Arantes pede fim de impasse entre Infraero e empresas de táxi aéreo

PTB Notícias 30/01/2009, 7:35


Depois de audiência solicitada pelo líder do PTB na Câmara, deputado Jovair Arantes (PTB-GO) com representantes das Associações de Aviação de 13 estados da federação, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, determinou na última terça-feira (27/1), a suspensão de decisão da Infraero, que obrigava todas as empresas de táxi aéreo a desocupar hangares que mantém nos aeroportos brasileiros.

“Solicitamos à intervenção do ministro Jobim diante da gravidade da crise.

É preciso uma solução imediata para o problema.

O entendimento da Infraero tem sido equivocado o que vem provocando insegurança no setor ameaçando de desemprego mais de 30 mil funcionários”, afirma o deputado Jovair Arantes.

De acordo com Jovair Arantes, o fato gerou intranqüilidade aos funcionários e empresas, algumas com 30 anos de atuação no mesmo local.

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag) Ricardo Nogueira, a desocupação comunicada por ofício em agosto do ano passado, pela Infraero, iria resultar na demissão de cerca de 35 mil trabalhadores.

Durante audiência, ele explicou que as empresas precisam ter áreas em aeroportos para prestarem seus serviços.

“A área operacional é diferente de uma área comercial.

O entendimento da Infraero é equivocado”, disse Nogueira.

“A legislação vigente é ajustada para quem presta serviço à legislação civil e não está aberto à concorrência que é exclusiva para a área comercial.

As empresas aéreas evidentemente precisam ter áreas em aeroportos para prestarem seus serviços e em cada aeroporto as empresas estão tendo dificuldades em função de uma postura que a Infraero adotou de querer atribuir as áreas operacionais o mesmo tratamento das áreas comerciais.

É diferente uma loja que vende roupas de uma empresa que presta serviço de aviação”, acrescenta Nogueira.

Além do líder do PTB, Jovair Arantes, participaram da audiência os deputados Sandro Mabel (PR-GO), Luiz Bittencourt (PMDB- GO) e o deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP).

fonte: Liderança do PTB na Câmara dos Deputados