Jozi preside debate sobre aplicativo que reduz acidentes de trabalho

PTB Notícias 20/10/2015, 19:26


A deputada Jozi Araújo (PTB-AP) presidiu nesta terça-feira (20/10/2015) audiência pública da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados para debater o aplicativo SimVida, criado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 8ª Região em parceria com o LabLivre, da Universidade Federal do Pará.

O aplicativo permite que qualquer pessoa denuncie situações de risco ou de acidente de trabalho aos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs), e pode ser baixado gratuitamente por intermédio de site na internet.

Para Jozi Araújo, a audiência foi importante para que os parlamentares e a sociedade em geral pudessem tomar conhecimento do aplicativo, que permite a realização de mapeamento das áreas de situações de riscos de acidentes de trabalho, o que possibilita o direcionamento da fiscalização da Justiça para esses pontos, passando a atuar de forma preventiva.

“Os criadores do aplicativo SimVida nos explicaram, durante a audiência, que o aplicativo está aos poucos se tornando um mecanismo eficiente e fundamental para coibir questões relacionados a acidentes de trabalho e também relacionados à exploração infantil.

Este aplicativo, que está disponível para qualquer cidadão que queira baixá-lo pela internet, é uma ferramenta importante para enfrentar o quadro alarmante que a região Norte apresenta atualmente em relação a acidentes de trabalho.

Ao usar o SimVida, o trabalhador pode denunciar situações de risco, já que é possível tirar fotos de seu ambiente profissional e enviar para o TRT, denunciando se houver más condições de trabalho ou risco para que sejam realizadas as atividades naquele local.

Enfim, é um dispositivo de grande alcance social, pois assim poderemos ter ambientes de trabalho mais dignos e que forneçam segurança ao trabalhador”, disse a parlamentar.

Participaram da audiência pública, como convidados, o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, Walter Paro; o professor Cláudio Alfonso, coordenador do Laboratório Experimental em Tecnologias Livre; a juíza titular da 7ª Vara do Trabalho de Belém (PA), Maria de Nazaré Medeiros Rocha; e o desembargador Francisco Sérgio Silva Rocha, presidente do TRT 8º Região.

O debate foi solicitado por requerimento da deputada Jozi Araújo, que elogiou a iniciativa de criação do aplicativo, para ela, inédito e de importante tanto na prevenção de acidentes como para garantir que seja feita justiça com trabalhadores acidentados.

“Na verdade, a nossa contribuição, com a realização desta audiência pública, é ao trabalhador.

Os dados alarmantes sobre acidentes de trabalho no Brasil são alarmantes.

Segundo dados da Previdência Social, foram registrados 31.

275 acidentes de trabalho em 2014 na região Norte do nosso país, tendo como agravante a faixa etária de trabalhadores entres 25 e 34 anos de idade.

Esses acidentes causam enorme custo financeiro para o INSS, além de um custo social incalculável.

O Brasil está em quarto lugar no ranking mundial de acidentes de trabalho, e nossa intenção é ajudar a reduzir essa quantidade absurda de acidentes.

E sem contar que passamos por uma fase difícil no nosso país, com a crise econômica ceifando empregos e corroendo a renda do trabalhador.

Aqui, hoje, estamos dizendo sim à vida do trabalhador brasileiro, atuando junto com a Justiça para reduzir as taxas de acidentes no ambiente profissional”, concluiu Jozi Araújo.

Agência Trabalhista de Notícias (ELM)Foto: Thyago Marcel/Câmara dos Deputados