Júlio Pinheiro sugere estudo de viabilidade para a emancipação da Guia

PTB Notícias 5/07/2012, 19:35


Indicação do presidente da Câmara Municipal de Cuiabá (MT), vereador Júlio Pinheiro (PTB), aponta para a necessidade de se elaborar um estudo de viabilidade para a emancipação do Distrito de Nossa Senhora da Guia, a 28 km da capital.

Tal propositura denota a responsabilidade da Casa Legislativa com este processo, que visa à efetiva integração da comunidade nas ações de desenvolvimento daquela localidade.

Seu caráter é tão somente de prestar colaboração junto ao Executivo Municipal quanto à criação de um novo mecanismo de participação cidadã, visto que o texto constitucional delega aos Estados a competência de emancipar seus distritos.

“Esta indicação representa um avanço importante em direção ao primeiro passo para a emancipação e o fortalecimento de um dos mais promissores Distritos de Cuiabá”, afirma Júlio Pinheiro.

“No Distrito da Guia constam determinadas formas de organização produtiva, de natureza essencialmente popular, que vêm de encontro às políticas públicas preconizadas pela administração municipal, sobretudo aquelas pertinentes às leis de iniciativa do Legislativo cuiabano”, prossegue o presidente.

Moção de CongratulaçãoO vereador Júlio apresentou Moção de Congratulação em homenagem aos 282 anos de existência do Distrito de Nossa Senhora da Guia, a serem completados neste mês de julho.

“É preciso neste mês e sempre tecer uma homenagem especial àquela comunidade, que ao longo de sua história, no início de 1730, era ponto de parada dos Tropeiros e Boiadeiros, que trafegavam com mercadorias para a capital e retornavam carregados de mantimentos”, diz o presidente Julio Pinheiro.

Sua economia, outrora baseada no extrativismo, hoje se sustenta pelas pequenas produções da agricultura familiar e por trabalhos liberais, somados ao advento de grandes empresas privadas e órgãos públicos, que geram trabalho e renda, além de outras formas de acesso à cidadania.

As comunidades locais de Três Pedras, Lajinha, Bueno, Rio Azul, Varginha, Mata Grande, Assentamento da Paz, Assentamento Pai Joaquim, Terra Vermelha e Bocaiuval, sempre se mantêm unidas em torno da perspectiva de sua emancipação política.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Câmara Municipal de CuiabáFoto: Luiz Alves/ Câmara Municipal de Cuiabá