JVC esclarece notícias sobre convite para relatar caso Renan no Senado

PTB Notícias 4/10/2007, 17:46


O senador João Vicente Claudino, do PTB do Piauí, afirmou nesta quinta-feira (04/10) que rejeitou o convite feito pelo presidente do Conselho de Ética do Senado, Leomar Quintanilha, para relatar a representação número três contra o presidente Renan Calheiros.

Com a recusa, o senador Wellington Salgado (PMDB-MG), que esteve com Quintanilha por mais de uma hora no final da manhã desta quinta-feira (4), disse que o presidente do conselho terá que reavaliar todas possibilidades dentro da base aliada do governo.

João Vicente Claudino disse que foi convidado a ser relator pelo ministro Walfrido Mares Guia e por senadores de diversos partidos, mas não aceitou principalmente por não ser membro titular nem suplente do Conselho de Ética do Senado.

Para JVC, o Conselho de Ética, nesse ano de 2007, perdeu três qualidades fundamentais: razoabilidade, racionalidade e eficácia.

“O senador Cafeteira disse em sua carta de renúncia que o Conselho de Ética virou um conselho de ótica, palco de paixões e interesses políticos contrariados.

E eu, que tenho 44, concordo com a sabedoria e experiência dos seus 84 anos.

O senador Leomar Quintanilha me disse que eu conseguiria equilibrar as inúmeras tensões no Conselho.

Mas respondi que não sou psicólogo nem psiquiatra”, afirmou o senador João Vicente Claudino.

Agência Trabalhista de Notícias