JVC liberou deputados petebistas no Piauí para votarem na CPI do Detran

PTB Notícias 20/06/2007, 8:22


O deputado estadual Nerinho, do PTB do Piauí, informou que o presidente do Diretório Estadual do PTB no Estado, senador João Vicente Claudino, liberou os deputados estaduais da sigla para votarem como quiserem pedido de instalação da CPI para investigar os contratos milionários do Detran – PI (Departamento de Trânsito do Estado) com a empresa Brasiliense FDL (Fidúcia Documentação LTDA).

Nerinho, que foi o primeiro aliado do governo do Piauí a assinar o pedido de CPI, disse não ter compromisso com o governador Wellington, porque não tem cargos na administração estadual.

“Ele (João Vicente) me disse que ficava em situação complicada por estar ao lado do governo, mas expliquei minhas razões, reafirmei que não tenho nem nunca tive cargos, nem promessas dos mesmos”, disse o deputado petebista.

Segundo Nerinho, em conversa com João Vicente Claudino, o senador disse que não haver problemas na investigação.

“Eu acho que é melhor para o governo que essa situação se esclareça.

Se não há problemas porque não investigar? Será pior se a oposição passar os próximos anos batendo nesta tecla.

O senador entendeu e me liberou”, afirmou.

Além do deputado Nerinho o PTB tem ainda o deputado Paulo César Vilarinho.

O pedido de CPI foi feito pelo deputado da oposição Marden Meneses (PSDB).

O requerimento já conta com oito assinaturas faltam duas para que o pedido seja aprovado.

O escândalo de irregularidades entre o Detran e a empresa FDL vem sendo investigado pelo Ministério Público do Estado e já foram detectadas várias irregularidades no processo de licitação e contratação da empresa que arrecada mais de R$ 10 milhões por ano com as taxas sobre o registro de veículos financiados do estado.

Segundo Marden Meneses, o governo e os deputados petistas estão protegendo os contratos da empresa com o Detran porque foram favorecidos por ela.

fonte: Jornal Diário do Povo (PI)