Kelly Moraes lança Cartão Municipal de Prevenção à Saúde do Idoso

PTB Notícias 1/03/2011, 8:41


Após a instalação da academia de ginástica ao ar livre na Praça Siegfried Heuser, o município de Santa Cruz do Sul (RS), administrado por Kelly Moraes (PTB), conta com mais um instrumento de promoção da saúde.

Desta vez, a novidade é exclusiva para a terceira idade, que ocupa cada vez mais espaço na pirâmide etária brasileira.

Desde ontem, 28/02, pessoas com mais de 60 anos podem adquirir o Cartão Municipal de Prevenção à Saúde do Idoso, que tem por objetivo estimular o interesse da maturidade pela prática de hábitos saudáveis e pelos serviços de saúde do município.

O lançamento ocorreu na manhã de ontem, no Ambulatório Central do Idoso, Hipertenso e Diabético, localizado no antigo Plantão de Urgência.

A solenidade contou com a presença de pacientes do ambulatório, autoridades e servidores da saúde.

Por enquanto, a distribuição é feita somente no ambulatório, mas em breve os cartões também estarão disponíveis nos postos de saúde.

No documento, além de dados pessoais – nome, data de nascimento, município, posto de referência, endereço e tipo sanguíneo –, poderão ser especificados os serviços prestados ao paciente e indicações sobre o uso correto de medicamentos, dentre outras orientações.

O cartão conta ainda com telefones úteis de instituições de saúde.

A prefeita Kelly Moraes destacou a saúde como prioridade do governo.

Na oportunidade, entregou o primeiro cartão para Armindo Müller, 71 anos.

Ao lado da esposa, Lori Müller, 67, ele conta que a prevenção já faz parte da vida do casal.

“Participamos de reuniões mensais no posto do Bairro Margarida Aurora para receber orientações.

Praticamos caminhadas e cuidamos da alimentação”, revela.

Para ele, o fato de não ter uma doença grave no seu histórico pode ser atribuído aos cuidados adotados.

Agora, munidos com o cartão, eles pretendem melhorar ainda mais a qualidade de vida.

“O cartão vai nos ajudar a dar continuidade ao que já estávamos fazendo”, afirma Lori.

Em seu primeiro dia como titular da pasta, o secretário municipal de Saúde, Edison Rabuske, disse que aposta na iniciativa como uma forma de melhorar os atendimentos.

Segundo ele, Santa Cruz tem uma população de 12 mil idosos.

No ambulatório, são atendidos cerca de 200 por mês, número que deve aumentar com a novidade do cartão.

“Esse é o primeiro passo para desembocar na informatização.

No futuro, esperamos ter cartões digitais, para facilitar o acesso ao histórico de cada paciente”, adianta.

Rabuske acrescenta, ainda, que o cartão possibilitará traçar um panorama com as principais características da população idosa no município, cujas informações são fundamentais para a elaboração e implantação de novas políticas públicas na área.

Primeiro CartãoO presidente da Câmara de Vereadores, André Scheibler, ressaltou o interesse do Legislativo em atender às demandas ligadas à saúde.

O vice-prefeito, Luiz Augusto Campis, comparou o cartão do idoso com o cartão de vacinas direcionado para o público infantil.

“Assim como olhamos pelas crianças, temos cuidados especiais com os idosos”, disse.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Gazeta do Sul