Kennedy Nunes apresenta a Seleção Conservadora que disputará as eleições em Santa Catarina

PTB Notícias 9/04/2022, 18:22


Imagem

O deputado Kennedy Nunes, presidente do Diretório Estadual do PTB de Santa Catarina e postulante a uma cadeira de senador nas próximas eleições, apresentou, neste sábado (09/04), mais de 80 pré-candidatos a deputado federal e estadual pelo partido no Estado. O deputado presidiu o evento “Seleção Conservadora de Santa Catarina”, no qual foram apresentados à população toda a nominata de pré-candidatos que concorrerão em outubro pelo PTB.

No evento, que aconteceu na cidade de São José, na Grande Florianópolis, os pré-candidatos petebistas ao Senado, à Câmara dos Deputados e a uma cadeira na Assembleia Legislativa de Santa Catarina reafirmaram o apoio do partido à reeleição do presidente Jair Bolsonaro. Para o deputado Kennedy Nunes, a quantidade de pessoas que ingressaram no partido nas últimas semanas com disposição de concorrerem nas eleições mostra a força do Diretório catarinense e a certeza de que o PTB alcançará grande sucesso nas urnas de outubro.

“Andaram dizendo que o PTB sequer teria uma nominata de candidatos a deputado federal e estadual, que ninguém iria entrar no partido para concorrer. Hoje, com esse evento em que apresentamos a Seleção Conservadora de Santa Catarina, estamos mostrando a força do nosso partido com cerca de 84 pré-candidatos que concorrerão em outubro, e que dão valioso suporte à nossa pré-candidatura ao Senado Federal. Aqui, no PTB, somos Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, afirmou o deputado Kennedy Nunes.

Ao final do evento, o deputado Kennedy Nunes disse que não está descartada a possibilidade de o PTB lançar um candidato ao governo de Santa Catarina. “A decisão do partido e de como irá o partido não será mais só minha, e sim, minha e de mais 180 mãos. Nós temos alguns caminhos. Um de lançar candidatura ao Senado sem candidato a governador. Existe a possibilidade de lançarmos governador. E tem a possibilidade de apoiarmos um candidato a governador. Nós não abrimos conversa com quem não for bolsonarista e com quem é aliado do governador Carlos Moisés. De agora até julho, vamos mostrar para Santa Catarina a seleção que fizemos de bons candidatos conservadores”, disse Kennedy.