Landim diz que gasto público emperra crescimento

PTB Notícias 14/06/2006, 15:21


O deputado Paes Landim (PTB-PI) disse que o Brasil só conseguirá retomar o crescimento econômico se enfrentar antigos problemas que emperram o seu desenvolvimento.

Entre eles, estão os gastos públicos elevados, a carga tributária superior a 37% do Produto Interno Bruto (PIB) e o aumento da dívida pública.

“Precisamos criar uma política consensual no País para reformar o Estado e criar condições para que os gargalos herdados de governos anteriores sejam superados, a fim de que o Brasil retome o impulso do crescimento”, disse Landim.

Ele elogiou o discurso que o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), deputado Armando Monteiro (PTB-PE), fez no seminário “Congresso da Indústria – reformar para crescer”, realizado no final de maio pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Segundo Landim, Monteiro abordou a necessidade de uma reforma constitucional que acabe com o que chamou de “disfunções”, como por exemplo, o excesso de receitas vinculadas.

O presidente da CNI, segundo Landim, defendeu mudanças no trecho constitucional das finanças públicas.

“Armando Monteiro diz, com muita propriedade, que sem essa visão poderemos permanecer na atual armadilha do baixo crescimento.

Este é um tema em que precisamos nos aprofundar”, afirmou o deputado piauiense, que citou trechos do discurso que Monteiro fez no seminário da indústria.

Segundo Landim, Monteiro de Barros defendeu a reforma constitucional como um modo de diminuir o peso do estado, reduzindo o desequilíbrio fiscal, principal fator do pequeno crescimento da economia nos últimos anos.

Ainda segundo Landim, o presidente da CNI propôs um “choque de confiança” para o setor privado, com a aprovação de reformas fiscais e de leis que criem um marco regulatório para diferentes segmentos da economia.

JORNAL DA CÂMARA