Lara aborda políticas para a melhor idade durante evento em Porto Alegre

PTB Notícias 24/09/2007, 11:45


Palestrante convidado da 1ª Maturifest, Festival Internacional da Maturidade e Feira Internacional da Qualidade de Vida, realizado no último final de semana em Porto Alegre, o secretário estadual de Turismo, Esporte e Lazer do governo do Rio Grande do Sul, o petebista Luís Augusto Lara, falou aos participantes do evento sobre as políticas do Executivo para os gaúchos da melhor idade.

Além de abordar os projetos voltados ao turismo social, o secretário aproveitou para anunciar a realização dos X Jogos de Integração do Idoso do Rio Grande do Sul e da VII Olimpíada Amadora Estadual de Clube de Mães, que serão promovidos em novembro.

Lara destacou que o Brasil, bem como o Rio Grande do Sul, vive uma nova realidade, já que os índices de longevidade estão cada vez mais altos e, por isso, há a necessidade de se cobrar dos governos políticas que atendam a essa parcela significativa da sociedade.

“Atualmente, são 15 milhões de idosos movimentando a economia do país.

Em 2025, as estatísticas apontam que estaremos em sexto lugar entre as nações com maior número de idosos, com 33 milhões.

Por isso, tem que partir de vocês a pressão sobre os governos, para que novas políticas de atenção à terceira idade sejam criadas”, apontou.

Surpreso com a organização do evento, que reuniu mais de 700 idosos do Brasil, Ásia, Europa e de outros países da América do Sul, no último final de semana, o secretário aproveitou a oportunidade para convidar os gaúchos participantes do evento a se integrarem aos jogos que serão realizados em novembro, na praia de Tramandaí.

“O Rio Grande do Sul começa a criar um espaço para quem vive mais, pois tem consciência de que deve investir em políticas públicas para a melhor idade.

Mas nada disso existiria, se não fosse pela vontade de vocês, desbravadores de um novo tempo”, afirmou.

Organizadora da Maturifest, Maria Cléia Sperling enfatizou que o objetivo do evento foi o de reunir pessoas e promover a troca de informações sobre qualidade de vida.

Segundo ela, está na hora de os governos prestarem mais atenção ao público da maior idade e se conscientizarem que ainda há muito o que fazer para os idosos.

“Acima de tudo, precisamos de meios que nos proporcionem mais qualidade de vida, pois não adianta vivermos mais, sem qualidade.

Nesse sentido, qualquer incentivo, como a realização desses jogos que o secretário anunciou, será muito bem-vindo”.

Além de palestras, o evento contou com apresentações artísticas de grupos da terceira idade e divulgação de roteiros e atividades voltados a esse público.

fonte: site do PTB – RS