Lara fala de seus projetos e do PTB em evento da Ciência Política da Ufrgs

PTB Notícias 21/05/2010, 15:48


Presidente estadual do PTB e pré-candidato ao governo gaúcho, o deputado Luís Augusto Lara participou nesta manhã desta última quinta-feira (20/05) do projeto 5ªs Temáticas da Ciência Política, promovido pela Pós-Graduação do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UFRGS.

O parlamentar falou de sua trajetória política e do projeto eleitoral do partido.

De acordo com o coordenador da Ciência Política, professor Benedito Tadeu César, o projeto permite aos acadêmicos a oportunidade de entrar em contato com os que “fazem a política no dia a dia”.

Lara saudou a iniciativa do curso e fez um breve relato de sua vida parlamentar.

Deputado estadual em terceiro mandato, o trabalhista tem 21 anos de vida pública e foi ainda vereador de Bagé por duas legislaturas e secretário estadual do Turismo em duas gestões.

“Eu tinha uma ousadia, um destemor e a questão de aumentos de impostos em Bagé e os altos salários dos políticos de lá mexeram comigo.

Por volta dos meus 18, 19 anos, resolvi concorrer, me elegi e cumpri a proposta de reduzir os salários dos vereadores”, disse.

Sobre o PTB, Lara afirmou que a sigla demorou a se posicionar e a entender o seu papel no cenário político, desde sua refundação, e disse que isso fez com que abrisse diálogo com todos os partidos.

“Viemos desse longo período de 20 anos de refundação empurrando o caminhão dos outros.

No entanto, formamos quadros qualificados.

Agora, lançamos candidatura própria ao Piratini com a nossa marca, de diálogo e respeito, e estamos sentando à mesa com todos os partidos que queiram nos ajudar a estabelecer causas”, afirmou.

O deputado disse ainda que para administrar o Estado é preciso uma gestão em rede, sem fazer política com divergências.

“Questões como saúde, emprego, educação e segurança são recorrentes.

O diferencial é aglutinar a sociedade em causas”, apontou.

Antes de encerrar sua participação no evento, Lara destacou ainda questões que considera essenciais de serem incluídas no debate eleitoral entre todos os candidatos: as concessões de serviços como energia elétrica, pedágios e transporte coletivo intermunicipal.

“Nos próximos anos vencerão as concessões do transportem dos pedágios e de energia e o futuro governador tem de mostrar posição a esse respeito para a população gaúcha”, completou.

PTB/RS