Lara participa de encontro sobre rumos da gestão de Assistência Social

PTB Notícias 28/11/2011, 9:14


(http://www.

ptbrs.

org.

br/upload/noticia/10921.

jpg) O secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Social do governo do Rio Grande do Sul, o petebista Luís Augusto Lara, participou da cerimônia de abertura do Encontro Regional Descentralizado do Colegiado Nacional dos Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas), Região Sul.

O evento tem a finalidade de promover o debate, bem como contextualizar os rumos da Gestão da Política de Assistência Social nos municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

As atividades iniciaram na última quinta-feira (24/11/2011) e se estenderamm até sexta-feira (25/11/2011), na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra/Canoas).

Durante o encontro, que tem como tema “Entre o Sistema Único de Assistência Social (Suas) e o Plano Brasil Sem Miséria: os municípios pactuando caminhos intersetoriais”, o secretário Lara destacou o esforço da STDS para promover a busca ativa das famílias e apresentou os Mutirões Sociais como uma das ferramentas que a pasta está utilizando para realizar o processo.

“Este é um trabalho fomentado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), e que, de acordo com a ministra Tereza Campello, será modelo nacional.

Não é uma política perene, mas uma política que vamos utilizar durante a gestão como forma de chamar a atenção de quem está fora dos programas sociais, para que seja documentado e inserido no Cadastro Único”, definiu.

O gestor esclareceu, ainda, que a área da assistência social dos municípios deve dialogar com a do trabalho, pois esta tem as ferramentas para promover a inclusão produtiva dos cidadãos.

“Nosso papel é facilitar o acesso de nosso público aos serviços que o governo coloca à disposição.

No próximo ano, iremos qualificar mais de 100 mil pessoas e, neste processo, a interface entre trabalho e assistência social será primordial para emanciparmos este público, fazendo com que tenham autonomia, geração de renda e melhores condições de vida por meio da qualificação profissional”, concluiu Lara.

O Sistema Único de Assistência Social no enfrentamento à misériaAo falar sobre a centralidade que a Política de Assistência Social ganha no Plano Brasil Sem Miséria, a secretária Nacional de Assistência Social do MDS, Denise Colin, apontou que o Sistema Único de Assistência Social (Suas) assume três funções principais no combate à miséria: “O serviço de vigilância, fazendo o conhecimento da pobreza e das vulnerabilidades territoriais, leitura e interpretação dos dados para obter conhecimento da expressão cotidiana da pobreza; a proteção social básica e especial; e a defesa dos direitos tanto socioassistenciais, quanto os garantidos pelo conjunto das demais políticas”, esclareceu Colin.

A abertura do evento teve a participação de representantes do MDS, gestores dos três Estados da Região Sul e dos municípios que atuam na área da assistência social, presidentes dos Colegiados Estaduais de Gestores Municipais de Assistência Social (Coegemas), autoridades de Canoas, entre outros participantes.

A diretora do Departamento de Assistência Social da STDS, Carla Capitanio, também acompanhou as atividades.

fonte: site do PTB – RS