Lara preside debate da Comissão das Rodoviárias em Santa Cruz do Sul

PTB Notícias 24/08/2009, 11:26


Encontro debateu a necessidade de elaborar um novo modelo de concessões .

Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo, sediou na última sexta-feira (21) a primeira audiência pública da Comissão Especial para Avaliar as Condições das Estações Rodoviárias no Interior do Rio Grande do Sul.

A reunião, que contou com a participação de representantes de cidades dos Vales do Rio Pardo e do Taquari, debateu a necessidade de elaborar um novo modelo de concessões para as rodoviárias gaúchas, bem como a implantação de um marco regulatório para o setor de transportes.

Presidida pelo deputado estadual petebista Luís Augusto Lara, a Comissão levou ao município concessionários de rodoviárias das duas regiões, representantes dos Coredes, de órgãos fiscalizadores como Agergs e Daer, de entidades do setor, membros da comunidade, vereadores e os prefeitos de Santa Cruz, Kelly Moraes, de Estrela, Celso Bronstrup, e de Ilópolis, Osmar Baldisarelli.

Na abertura do encontro, os participantes fizeram relatos sobre as situações das rodoviárias e trocaram informações com os representantes das entidades.

Segundo Lara, a falta de padrões nas estações tem prejudicado os usuários.

“Falta limpeza, segurança, infraestrutura, por isso temos de construir esse novo padrão.

E o modelo ideal de concessão deve permitir que os empresários possam investir nas estações e atender melhor o usuário”, disse.

A prefeita de Santa Cruz, a petebista Kelly Moraes, elogiou a iniciativa da Comissão e colocou a administração à disposição da Assembleia.

“Esse é um assunto que interessa a todos e uma iniciativa importantíssima do Legislativo”, afirmou Kelly.

A maioria dos depoimentos apontou as precariedades das estações rodoviárias.

Iniciativas pioneiras, como a informatização da venda de passagens em Santa Cruz e a modernidade da estação de Rio Pardo também foram destacadas.

Ficou claro ainda que grande parte das rodoviárias ali representadas é de quarta categoria e não consegue, muitas vezes, se sustentar.

Concessionários de Ilópolis, Venâncio Aires e Candelária destacaram ainda que as estações devem representar o progresso da cidade e estar bem localizadas.

Presente no encontro, o deputado Edson Brum (PMDB) disse que os depoimentos justificavam a criação da Comissão.

“Por tudo o que ouvimos aqui, vemos que nosso trabalho está no caminho certo.

As concessões são antigas e precisam de um novo modelo”, afirmou.

Adão Villaverde (PT) lembrou que há coisas boas para resgatar do atual modelo e fez uma breve avaliação do papel da Comissão.

“O conjunto de depoimentos daqui mostra a responsabilidade que teremos pela frente”.

Relator da Comissão, o deputado Luciano Azevedo (PPS) comentou que o modelo está defasado, mas que audiências como essa eram fundamentais para incentivar a mudança.

“Estamos começando muito bem os trabalhos da Comissão.

Tenho certeza que colheremos dados importantes, que nos permitirão elaborar um relatório favorável ao usuário”, disse.

Ao fazer os encaminhamentos finais, o presidente Luis Augusto Lara solicitou que a Agergs elabore uma sugestão de modelo de concessão e que o Daer possa, nos próximos encontros, explicar os itens que qualificam as categorias de cada estação, bem como divulgar os tópicos de avaliação utilizados.

“Tivemos uma amostragem bem importante aqui.

Esperamos conseguir elaborar a regulamentação que o Estado aguarda há 20 anos da lei dos transportes e redigir uma legislação que atenda às necessidades dos concessionários e usuários”, completou o deputado, presidente do Diretório Estadual do PTB no Rio Grande do Sul.

fonte: site do PTB – RS