Laura Carneiro apresenta PL para capacitação de servidores em Libras

PTB Notícias 20/03/2013, 16:58


Preocupada em aprimorar o atendimento aos deficientes auditivos oferecido pelo Poder Público, a vereadora Laura Carneiro (PTB) apresentou à Câmara Municipal do Rio de Janeiro o projeto de lei nº 14/2013, que institui o sistema de capacitação de servidores municipais para o uso da Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS).

A proposta exige que, num período de quatro anos, seja alcançada a meta de 10% de servidores qualificados.

Essa capacitação será contínua até que se alcance esse patamar, e poderá ser aumentada, a critério da Administração em caso de necessidade.

O Poder Executivo regulamentará a capacitação e distribuirá os servidores nas secretarias de acordo com a demanda.

“Pela capacitação dos servidores das redes de Educação, Saúde e Assistência Social em LIBRAS, estaremos dando um importante passo na construção da cidadania das Pessoas Portadoras de Deficiência, ao lhes garantir as informações pertinentes aos serviços públicos”, justifica a parlamentar.

Comunicação para inclusão socialA Linguagem Brasileira de Sinais tem todos os atributos que configuram uma língua natural, como qualquer outra.

Com elementos semânticos, morfológicos, estruturas sintáticas e tudo mais que constitui uma língua, as linguagens de sinais não são apenas paliativos para a comunicação com deficientes auditivos, mas uma importante ferramenta de inclusão e cidadania.

A linguagem de sinais teve origem na França e tem alguns aspectos que variam dependendo do país.

Os significados são determinados pelo movimento das mãos, a expressão facial, a posição das mãos em relação ao corpo, entre outros quesitos.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações da Câmara Municipal do Rio de Janeiro