Laura quer garantir a doceiras espaço adequado para venda de quitutes

PTB Notícias 18/06/2014, 15:08


Atenta à atividade das doceiras denominadas baianas, que contribuem para o interesse turístico e histórico do Rio de Janeiro, a vereadora Laura Carneiro (PTB) apresentou o projeto de lei 829/2014, que permitirá a preparação de iguarias típicas, como acarajé e abará, em locais autorizados.

É de responsabilidade da Secretaria Especial de Ordem Pública (SEOP) e da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (SMSDC) definir condições necessárias para o trabalho das doceiras no prazo de 15 dias, além de instituir um selo de garantia para assegurar a qualidade dos alimentos.

Laura diz que “este projeto tem o intuito de garantir a execução do trabalho das doceiras, que deve ser reconhecido não só pela diversidade cultural brasileira, mas também pela enorme descaracterização de tais culturas hoje em dia”.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Câmara Municipal do Rio de JaneiroFoto: Ascom/CMRJ