Leia nota de José Militão repudiando denúncias de envolvimento com sanguessugas

PTB Notícias 26/07/2006, 17:09


NOTA DE ESCLARECIMENTOPrezados amigos:A imprensa nacional publicou nos últimos dias matérias envolvendo meu nome com a chamada “Máfia das Ambulâncias”.

Certamente a imprensa tem o dever de informar aos leitores, telespectadores e ouvintes de forma responsável e verdadeira.

Entretanto, no meu caso, houve um prejulgamento, e até publicações de primeira página que me condenaram sumariamente, sem qualquer direito de defesa, a dois meses e meio das eleições.

Diante dos fatos, cumpre-me prestar um breve esclarecimento sobre a falaciosa lista, pois fui apenas citado como se fosse um beneficiário de atos ilícitos praticado por um empresário com o qual tive um único contato e de forma pública e transparente.

Deputado Federal, conhecido no Congresso Nacional por minha longa experiência na área tributária, fui apresentado ao empresário de nome Darci Verdoin, com empresa sediada no Estado do Mato Grosso, sobre a possibilidade de usufruir de benefícios fiscais, na implantação de uma indústria no Estado de Minas Gerais.

A minha participação no episódio foi tão somente de acompanhar o empresário até a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e para que o mesmo fizesse uma exposição ao Secretário sobre a sua intenção e recebesse informação a respeito dos benefícios fiscais oferecidos pelo Governo de Minas, que tem trabalhado muito na geração de empregos e renda.

Nesse contato, o empresário acenou com a possibilidade de doar alguns equipamentos médicos hospitalares para programas sociais de nosso estado.

Como não houve resposta satisfatória sobre a prometida doação, através do meu assessor parlamentar em Brasília, solicitei-lhe, que obtivesse resposta do empresário sobre a doação.

Nesse lapso de tempo, a Polícia Federal já investigava os negócios da empresa PLANAM, tendo gravado a conversa do meu assessor com um funcionário da empresa, cujo conteúdo, que consta no inquérito, dura aproximadamente quinze segundos e confirma, que se trata tão somente da cobrança da doação aludida.

Evidencia-se tão somente uma infeliz coincidência.

Afirmo, que não apresentei nenhuma emenda, que pudesse indicar a PLANAM como fornecedora de ambulâncias ou outros equipamentos médicos, e tampouco sou beneficiário que quaisquer vantagens pecuniárias originadas nesses fatos divulgados pela imprensa.

Tenho um passado de lutas, com cinco mandatos estadual e federal, que muito me orgulha e não aceito ser julgado por antecipação.

Entretanto, estamos perto das eleições e a condenação sumária imposta pela imprensa tem um alto preço.

Protocolei hoje a minha defesa na CPMI, acostando documentos e certidões, comprovando, que não tenho nenhuma participação naquilo que foi divulgado pela imprensa.

Não nego que fiquei profundamente abalado com o acontecido, pois os amigos sabem, que a minha trajetória política sempre foi alicerçada na honradez e no compromisso com a ética e a moral, cabendo a cada um, após o conhecimento da verdade, fazer o julgamento da minha conduta.

Faço esta NOTA DE ESCLARECIMENTO, porque ao longo da minha vida pública, sempre tive o privilégio de contar com amigos dedicados e leais, aos quais, não poderia deixar de dar uma satisfação, pois, de cabeça erguida, vou continuar com o meu lema SERIEDADE E TRABALHO.

Com o meu respeito e amizade,José MilitãoDeputado Federal