Léo Moraes diz que prefeitura aluga iluminação natalina em Porto Velho

PTB Notícias 2/12/2015, 7:42


O deputado estadual Léo Moraes (PTB-RO) disse na terça-feira (1/12/2015) que, lamentavelmente, Porto Velho (RO) conquistou mais um título negativo.

Segundo o parlamentar, a cidade ficou com o 27º lugar no quesito transparência em administração municipal.

O parlamentar repudiou o título e disse ser fruto de uma péssima gestão municipal, da falta de transparência na implementação de políticas públicas e na execução de convênios com o governo federal.

“É o título da obscuridade, justamente pela falta de transparência da gestão atual em não prestar contas dos recursos oriundos do governo federal”, declarou.

Moraes destacou que o mesmo não ocorre nos municípios do interior de Rondônia, que, “felizmente não seguem o exemplo de Porto Velho”.

O deputado disse que no interior o desenvolvimento acontece, os municípios são pujantes, dinâmicos, pois, segundo ele, “os gestores não são perdulários como os da capital”.

Léo Moraes citou como exemplo o contrato da Prefeitura de Porto Velho para a iluminação natalina, orçado em mais de R$ 2 milhões.

Segundo o deputado, o valor será aplicado não para a compra, mas sim para o aluguel do material de iluminação.

Em 2013, enquanto vereador, Léo Moraes denunciou os gastos da prefeitura em iluminação natalina ao Ministério Público, na ocasião, orçada em R$ 800 mil.

Na época, a qualidade do trabalho não condizia com o valor utilizado.

Graças à denúncia do parlamentar, R$ 500 mil foram economizados.

Léo destacou que, este ano, de acordo com o atual contrato, a iluminação natalina já deveria estar instalada desde o dia 29 de novembro.

Ele disse que o valor do contrato é referente ao aluguel de uma decoração que já pertence ao município.

“Isso fere a nossa legislação, incorre em crime, mais do que isso, um dinheiro que vem sendo mal aplicado há quase três anos nessa municipalidade”, salientou.

O deputado lamentou não ocorrer a mesma velocidade e desempenho em trabalhar com a saúde pública, postos de saúde, creches, pavimentação “e com o mínimo de dignidade que a nossa população necessita”.

O parlamentar disse que a população padece pelo mínimo de estrutura básica e qualidade de vida, ao passo em que a prefeitura gasta mais de R$ 2 milhões em uma iluminação natalina que sequer foi realizada.

“E já estamos quase no dia 24 de dezembro.

Vão esperar chegar o dia 25, não vão utilizar o recurso e mais uma vez vão se embananar na prestação de contas, fato lamentável”, concluiu Léo Moraes.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Assembleia Legislativa de Rondônia Foto: José Hilde/ALE-RO