Léo Moraes preside audiência sobre situação do esporte em Rondônia

PTB Notícias 2/10/2015, 7:56


Por indicação do deputado Léo Moraes (PTB), foi realizada na Assembleia Legislativa de Rondônia, na quinta-feira (1/10/2015), audiência pública para discutir assuntos pertinentes ao esporte no Estado.

Na ocasião, Léo Moraes, que presidiu a audiência, salientou que apesar das dificuldades que todos conhecem para se fazer esporte em Rondônia, com o trabalho dos deputados e por sua autoria, se aprovou lei que transforma as milhas voadas pelos deputados e servidores da Casa em serviço em passagens para os atletas.

“Mas ainda é pouco”, afirmou o parlamentar, acrescentando que o Poder Executivo estadual e o municipal necessitam aprofundar os investimentos, pois nos esportes individuais o atleta que não possuir um “paitrocínio”, não consegue viajar e representar o Estado em competições nacionais.

Léo ressaltou que de cada R$ 1 aplicado no esporte economiza-se até R$ 4 em outras áreas.

Portanto, disse, é imprescindível que se repense o esporte como um todo.

Ele pediu aos presentes que apresentem propostas para que a situação esportiva melhore.

Uma das propostas foi encaminhada pelo coordenador do curso de educação física, Célio Borges, que entregou esboço para a instalação de uma pista de atletismo oficial para atender não somente os universitários, mas todos os atletas de Rondônia.

Pediu apoio do Estado para complementar a verba de R$ 16 milhões, pois R$ 10 milhões serão do Ministério dos Esporte.

Léo Moraes se comprometeu em encaminhar o pleito até o Departamento de Estradas, Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos de Rondônia (DER-RO) para auxiliar na execução da obra.

Também encaminhará junto à Federação de Futebol de Rondônia requerimento para que seja apresentada prestação de contas, tendo em vista a proposta do desportista “Loló”, que propôs a formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) naquela federação.

Pela proposta do presidente da Federação Aquática de Rondônia, Paulo Siqueira, o parlamentar afirmou que irá estudar, com sua assessoria, a criação de um simpósio para discussão do desporto em Rondônia.

O secretário da Sejucel, Rodinei Paes, afirmou que não conseguirá resolver o problema de 30 anos atrás, mas é preciso trabalhar pensando no futuro, criando leis que efetivamente contribuam com o engrandecimento do desporto e que a secretaria seja um fomentador, um incentivador dos esportes.

Paes concordou com o paratleta Rogério Lima quanto à falta de critérios para concessão de passagens aéreas para atletas, e disse que a secretaria está se mobilizando neste sentido, pois não pode entregar bilhetes sem critérios, deixando de fora atletas que podem trazer resultados positivos.

Léo Moraes também reafirmou que irá encaminhar proposta ao Executivo para a criação da Bolsa-Atleta.

O secretário de Desportos de Porto Velho, Rafael Claros, ressaltou a importância de se criar políticas públicas necessárias ao fomento do desporto.

Ao final foi assinado um termo de compromisso para ser encaminhado ao Executivo, para que sejam cumpridos dispositivos da Lei Complementar 272, de 11 de dezembro de 2012, que prevê a destinação de 0,75% do orçamento estadual para o desporto e lazer a ser incluso na proposta orçamentária para deliberação da Assembleia até o final desta sessão legislativa.

O deputado Lazinho da Fetagro (PT) parabenizou Léo Moraes pela realização do evento em prol do setor desportivo.

De forma categórica, disse que não vê a educação, a segurança e a saúde sem o esporte.

Comentou ser um tema muito importante, que merece amplo debate envolvendo outros mecanismos.

Afirmou que sempre foi praticante de futebol e que gosta do setor desportivo e se colocou à disposição para colabora com o setor.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Assembleia Legislativa de RondôniaFoto: Divulgação/ALE-RO