Liziê Coelho critica não conclusão das obras da Ferrovia Transnordestina

PTB Notícias 7/01/2015, 6:58


A próxima secretária de Mineração do Piauí, Liziê Coelho (PTB), declarou que o maior entrave para o desenvolvimento do setor é a não conclusão da Transnordestina.

“Só se exporta minérios com ferrovia”, argumenta a futura gestora.

Liziê assume o cargo em fevereiro.

Em entrevista ao Jornal do Piauí desta segunda-feira (5/1), ela afirmou que pedirá imediatamente ao governador Wellington Dias (PT), que cobre do governo federal a conclusão da obra.

“É preciso agilizar para que o Piauí possa deslanchar.

Quando assumi a Assembleia Legislativa há quatro anos, mostrei em audiência pública as potencialidades da região de Paulistana a São Raimundo Nonato e há ouro e ferro lá, que precisa ser explorado”, destacou.

A região é tida como a fronteira econômica do Piauí.

Além do potencial mineral, o Estado tem 28 parques eólicos, que, com a chegada de novos investimentos, pode chegar a ser o mais potente do país.

“Vamos fazer um mapa geológico dos minérios do Piauí, um portfolio para mostrar aos investidores, para atrai-los”, completou Liziê.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Cidade Verde Foto: Raoni Barbosa