Liziê Coelho quer comissão para pedir apoio às vítimas da seca no Piauí

PTB Notícias 12/04/2013, 16:07


A deputada estadual Liziê Coelho (PTB-PI) propôs na quinta-feira (11/4/2013) a formação de uma comissão para ir ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, à Defesa Civil Nacional, além de outros órgãos federais, pedirem ações que possam amenizar os efeitos da seca no Piauí.

Ela disse que a estiagem não pode ser encarada apenas como um fenômeno cíclico, que ocorre com intervalos de 10 ou de 15 anos, mas como algo que faz parte do cotidiano do sertanejo e tem que ser combatida com programas permanentes.

“A seca é um fenômeno natural no semi-árido, causando prejuízos.

O rebanho dos criadores piauienses foi reduzido em 70%, tanto porque foi vendido a um preço baixo ou porque o gado morreu de sede.

Começou a chover, mas não no volume que se esperava.

Juntou água em barragens, açudes e barreiros.

Daqui vai haver pastagem, pois a natureza é pródiga, mas os criadores estão empobrecidos.

Por isso, precisamos cobrar do governo federal uma forma que permita a eles repor o rebanho, através de instituições financeiras como o Banco do Brasil e o Banco do Nordeste, assim como anistiar as dívidas atuais, pois os criadores empobreceram e não podem pagar”, frisou.

A deputada Liziê Coelho voltou a defender que os projetos de barragens contenham a adutora, pois não adianta construir a obra e ela ficar sem utilização.

“E além disso, da adutora, em cada localidade o Emater deveria transferir tecnologia e dar assistência técnica aos produtores”, afirmou.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações da Assembleia Legislativa do Piauí