Liziê Coelho quer regular descarte de remédios deteriorados no Piauí

PTB Notícias 25/04/2012, 7:13


A regularização do descarte de medicamentos deteriorados ou fora do prazo de validade é tema de projeto de lei apresentado pela deputada estadual Liziê Coelho (PTB-PI) na Assembleia Legislativa do Piauí.

A proposta visa obrigar as farmácias e drogarias do Estado a manterem recipientes para coleta de medicamentos, cosméticos, insumos farmacêuticos e correlatos.

A parlamentar explicou que o descarte inadequado de medicamentos representa um grande risco à saúde e ao meio ambiente.

“Quando esses medicamentos são descartados no lixo ou em esgotos eles podem contaminar as águas e o solo.

Esse é um perigo desconhecido pela maioria da população que por falta de informação acredita que o lixo é o melhor destino para essas substâncias”, declarou.

Pesquisa do Ministério da Saúde revela que apenas 2,7% das pessoas já tiveram alguma orientação sobre descarte de medicamentos vencidos.

O levantamento informou que 75,32% das pessoas descartam a medicação junto com o lixo doméstico e 6,34% dos entrevistados jogam essas substâncias na pia ou no vaso sanitário.

De acordo com a proposta, os resíduos recolhidos deverão ser acondicionados em caixas, também impermeáveis, com lacre assinado pelo farmacêutico responsável pelo estabelecimento.

As referidas embalagens deverão estar acompanhadas de um relatório contendo informações sobre o medicamento descartado.

A deputada afirma que apesar do perigo não existe nenhuma lei no Piauí que trate do descarte dos medicamentos vencidos.

“Segundo orientações do Ministério da Saúde, o importante é inutilizar esses medicamentos, não podendo, jamais, serem jogados diretamente no lixo dentro de sua embalagem original”, explicou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Cidade Verde