Luiz Alberto Carijó anuncia reforma administrativa na Câmara de Manaus

PTB Notícias 14/03/2009, 15:06


O presidente da Câmara Municipal de Manaus, Luiz Alberto Carijó (PTB), anunciou ontem, 13/03, que a Câmara deve fixar em R$ 18 mil o teto de remuneração de servidores da casa e realizar concurso para os quadros da TV Câmara, que deve ser transformada em fundação.

Carijó anunciou também que pretende implantar a proposta de mudança na verba de gabinete de R$ 40 mil que cada vereador tem direito para a contratação de assessores parlamentares, a fim de que parte da verba seja utilizada para cobrir despesas com auxílio-alimentação e auxílio-transporte dos servidores da Câmara.

As medidas fazem parte da minirreforma administrativa que vai ser implementada na Câmara Municipal e cujo principal objetivo, segundo Carijó, é reduzir despesas, principalmente, os gastos com pessoal, que hoje representam 65% da receita corrente do Legislativo municipal.

O presidente da CMM disse ontem que uma distorção na legislação dos servidores ocorrida há cerca de 30 anos gerou os ‘supersalários’ dos servidores.

“Todos os salários acima desse teto são diminuídos, entretanto o que gerou isso foi uma série de leis que beneficiam determinados grupos de servidores com determinados tipos de incorporações, e que continuam em vigor.

É exatamente isso que temos que rever”.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Jornal A Crítica – RC