Luiz Carlos Busato apresenta projeto de reforma de escola em Canoas

Agência Trabalhista de Notícias 30/10/2019, 10:07


Imagem Crédito: Vinicius Thormann/Prefeitura de Canoas

Professores e pais de alunos da Escola de Educação Infantil Vó Babali, no bairro Marechal Rondon, em Canoas (RS), conheceram, na terça-feira (29), o projeto de reforma total que a instituição receberá. Na ocasião, o prefeito Luiz Carlos Busato (PTB), a vice-prefeita Gisele Uequed e a secretária da Educação, Neka Freitas, anunciaram o investimento de R$ 1,2 milhão nas melhorias do prédio da escola, que tem quase mil metros quadrados.

Busato destacou que a educação é prioridade para a atual gestão. “Essa é uma obra que resgata a responsabilidade que temos com a educação de qualidade de Canoas. Algumas escolas não recebiam melhorias há mais de 30 anos, o que é um descaso com os canoenses. Agora, vamos oferecer um ambiente digno para nossas crianças”, acrescentou.

Para a vice-prefeita, o ganho vai além da melhoria da infraestrutura. “As reformas vão possibilitar um espaço qualificado para nossos professores realizarem o trabalho pedagógico da melhor forma, o que reflete diretamente no desenvolvimento do conhecimento para nossos alunos. Também contamos com o apoio da comunidade neste momento de obras, porque a escola é uma extensão da nossa casa”, ressaltou Gisele.

A diretora da Vó Babali, Pâmela Ebling, afirmou que, em dez anos na rede municipal de ensino, é a primeira vez que testemunha um investimento tão alto na educação. “Nunca vi isso acontecer e o sentimento é apenas de gratidão”, declarou. Já a mãe do aluno Gustavo, Tatiane Alves Ferreira, disse que os pais estão há muitos anos esperando por melhorias na escola. “A gente sempre teve a expectativa de que um dia isso iria acontecer. Hoje, vendo o projeto das mãos do prefeito e da vice, temos a certeza de que nosso sonho será realizado”, comemorou.

A reforma da EMEI Vó Babali faz parte do programa Canoas Mãos à Obra, que, entre 2017 e 2018, já investiu R$ 20 milhões em escolas da rede. Nesta nova fase, entre escolas de educação infantil e ensino fundamental, será feito um investimento de mais R$ 40 milhões em infraestrutura por meio do programa.

Com informações da Prefeitura de Canoas