Luiz Busato decreta exigência do uso de máscara no transporte em Canoas

Agência Trabalhista de Notícias 24/04/2020, 10:43


Imagem Crédito: Divulgação/PMC

Para evitar a propagação do novo coronavírus, a Prefeitura de Canoas (RS) decretou a obrigatoriedade do uso de máscaras ou protetores faciais no transporte coletivo e individual, como ônibus, táxis e demais aplicativos de transporte. A determinação passou a valer a partir de quarta-feira (22). com o decreto, ficará proibido o transporte de passageiros que não estiverem utilizando algum tipo de proteção para o rosto.

A iniciativa da Prefeitura faz parte da campanha #CanoasUseMáscara, criada para fomentar o uso de máscaras no município, uma vez que a transmissão do novo coronavírus ocorre, principalmente, por gotículas respiratórias expelidas pela boca e nariz. A utilização de máscaras por grande parte dos canoenses chamou atenção da imprensa, ganhando destaque em reportagem do SBT-RS.

De acordo com o prefeito Luiz Carlos Busato (PTB), a medida visa a proteção dos canoenses. “Estamos trabalhando com muita seriedade e de forma incansável para conter a Covid-19, evitar o colapso da nossa rede de saúde e minimizar os impactos da pandemia em nossa cidade. O uso de máscaras e da proteção facial é mais um recurso para evitar o contágio e proteger nossa população”, destacou.

A Prefeitura de Canoas lembra que quem infringir a determinação está sujeito a uma pena, que vai de um mês a um ano de detenção e multa. Já a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Canoas alerta que o uso da máscara não descarta outros cuidados para evitar a Covid-19, como o isolamento social e a limpeza das mãos.

Com informações da Prefeitura de Canoas