Luiz Marinho quer agilizar consultas a deficientes e idosos em Mato Grosso

PTB Notícias 27/01/2015, 8:39


De autoria do deputado Luiz Marinho (PTB), o programa de agendamento telefônico de consultas médicas e a entrega de medicamentos de uso contínuo às pessoas com deficiência e idosas em Mato Grosso tramita na Assembleia Legislativa do Estado.

O projeto de lei 18/2014 foi apreciado pela Comissão de Trabalho e Administração Pública e aprovado em primeira votação.

Agora, após o recesso, segue para a segunda votação.

O parlamentar entende que tanto pessoas com deficiências quanto os idosos precisam de medicamentos de uso contínuo, cuja distribuição é feita pela Secretaria Estadual de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Programa Saúde da Família.

A ideia é que essas pessoas recebam o medicamento em sua residência, sem custo.

Luiz Marinho acredita que assim como nos consultórios particulares ou em planos de saúde, onde as consultas são agendadas por telefone, o mesmo dever acontecer no atendimento das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

A ideia é que o agendamento seja realizado na própria unidade de saúde que o paciente tem o cadastro.

A possibilidade de agendar por telefone as próximas consultas, indicando apenas a carteira de identidade ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), facilitaria o atendimento e reduziria a espera.

O projeto de Marinho visa reduzir essa vulnerabilidade da população para melhorar a qualidade de vida desses cidadãos, ao mesmo tempo em que resolverá um grande problema que ocorre principalmente com os medicamentos de alto custo: o acúmulo de medicamentos vencidos.

O fato que aconteceria principalmente devido a dificuldades de locomoção dos usuários na busca pelos remédios.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Assembleia Legislativa de Mato Grosso Foto: Mario Friedlander/ALMT