Luzia Toledo incentiva a criação da Defesa Civil nos municípios capixabas

PTB Notícias 20/01/2009, 13:17


A Assembleia Legislativa do Espírito Santo está apostando na prevenção para atenuar os efeitos dos desastres naturais, ou buscar fórmulas para tentar evitá-los.

A presidente da Casa, deputada estadual Luzia Toledo, do PTB capixaba, enviou cartas aos prefeitos dos 78 municípios capixabas incentivando a criação ou fortalecimento da Defesa Civil Municipal.

O coronel do Corpo de Bombeiros Militar Álvaro Duarte, coordenador da Defesa Civil Estadual, aplaudiu a iniciativa.

Ele explicou que a Defesa Civil não atua somente em casos de emergência, mas trabalha também com a prevenção, mapeando áreas de risco para evitar tragédias.

Uma cidade que estrutura a Defesa Civil Municipal, e mantém o órgão fortalecido e ativo, pode realizar melhor esse trabalho de prevenção, explicou o coronel.

E, no caso de ocorrer um desastre natural, o órgão municipal pode imprimir agilidade ao decreto de situação de emergência ou calamidade pública.

O decreto facilita a obtenção de auxílio do Governo do Estado e do Governo Federal, principalmente financeiro.

Para que seja homologado, entretanto, é necessário cumprir uma série de etapas, que é facilitada se porventura o município tiver a sua Defesa Civil.

No Espírito Santo, a maioria não tem.

A diretora da Casa dos Municípios, Albene Lima Meireles, defendeu uma ação continuada, com um trabalho de prevenção, como forma de impedir que desastres aconteçam, ou diminuir os efeitos desses desastres.

A Casa dos Municípios foi instituída no âmbito da Assembleia Legislativa para dar assistência às autoridades municipais.

Será dela a responsabilidade de gerenciar os donativos da campanha “SOS Espírito Santo: doar é um ato de amor”, lançada terça-feira (12), pela presidente Luzia Toledo, para ajudar as cidades atingidas pelas enchentes.

De acordo com o coronel Duarte, atualmente há 31 municípios em “situação anormal” em consequência dos temporais que vêm atingindo o Espírito Santo.

Alimentos, telhas e colchões estão sendo enviados pelo Governo Federal ou por meio de doações, mas ainda faltam materiais.

Confira abaixo como ajudar às vítimas das enchentes no Estado:O que doar:Roupas de camaRoupas de banhoFraldasProdutos de higiene pessoalMaterial de limpeza Onde doar:No térreo da Assembleia LegislativaDe segunda a sexta-feiraDas 8 às 17 horas