Luzia Toledo propõe audiência que exalta diversidade cultural do capixaba

PTB Notícias 26/06/2009, 8:36


O leque de raças, povos e etnias que construíram a cultura do Espírito Santo foi tema de uma sessão especial realizada na tarde desta quinta-feira (25), no Plenário Dirceu Cardoso, na Assembleia Legislativa daquele Estado.

O professor e historiador João Eurípedes Franklin Leal, da Universidade do Rio de Janeiro, proferiu palestra sobre o tema.

A deputada Luzia Toledo (PTB), proponente da sessão, abriu o evento lembrando que Santa Teresa está comemorando 135 anos da imigração italiana no município.

“Imigrar é preciso”, disse ela, exaltando a coragem daqueles que atravessaram o oceano, desbravaram uma terra coberta de florestas, “o mais belo pedaço de nosso País, o Espírito Santo”.

A parlamentar reportou-se à Rota Imperial da Estrada Real, reconhecida após uma extensa pesquisa histórica, que atravessa municípios com diferentes culturas – pomeranos, italianos, alemães – e que com certeza trará desenvolvimento ao Estado por meio da exploração turística.

“Somos alegres, temos olhos azuis, verdes, pretos”, ressaltou Luzia Toledo, numa referência aos diversos povos que imigraram para o Estado.

Em seguida citou expressões comuns aos capixabas: “pocar, iá, ué, moqueca”.

Especialista em História Colonial, João Eurípedes Franklin Leal discorreu sobre a formação da cultura capixaba.

Disse que o Espírito Santo tem uma identidade própria, com características fortes.

É um “caldeirão cultural”, com culturas diversificadas, “pacíficas e bastante interativas”.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da Assembléia Legislativa do Espírito Santo