Manoel: demora no descarrego de fertilizantes prejudica produtores de soja

PTB Notícias 29/04/2014, 15:54


Em discurso na Assembleia Legislativa do Maranhão, na sessão desta terça-feira (29/4/2014), o deputado Manoel Ribeiro (PTB) disse que os produtores de soja do Estado estão tendo prejuízos em função da demora no descarrego de fertilizantes que chegam pelo Porto do Itaqui.

Segundo o parlamentar, os navios que ficam ancorados ao longo da Bahia de São Marcos demoram até 30 dias para serem descarregados e, com isso, os produtores ficam no prejuízo porque têm um prazo certo para distribuir o fertilizante no solo.

“Estou aqui com uma série de documentos que me foram repassados pelos produtores de soja.

Irei procurar os diretores do Porto para que agilizem o descarrego desses fertilizantes, porque não é possível que um navio que traga fertilizante para o Maranhão demore tanto tempo para fazer o descarrego do produto”, disse Manoel Ribeiro.

O deputado salientou que uma diária do navio ancorado na Bacia de São Marcos custa US$ 35 mil e, no mês, 30 dias, o pagamento a esses navios chega a quase R$ 1 milhão e cinquenta mil.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência Assembleia Foto: JR Lisboa/Agência AL