Manoel Ribeiro solicita ambulância e energia elétrica para Anajatuba (MA)

PTB Notícias 19/11/2011, 9:33


Por meio de indicações, o líder do governo na Assembleia Legislativa do Maranhão, Manoel Ribeiro (PTB-MA), solicita benefícios para o município de Anajatuba.

Na primeira indicação, Ribeiro pede que o secretário de Saúde do Estado, Ricardo Murad, autorize o envio de uma ambulância 4×4 para o município.

Na outra, o parlamentar quer a implantação do programa “Luz para Todos” em vários projetos localizados em Anajatuba.

Manoel Ribeiro justifica ao secretário de Saúde que a ambulância é necessária a fim de possibilitar o transporte dos enfermos, inclusive na área rural.

Diz também que é importante ressaltar que o referido município localizado na Baixada Maranhense possui 114 povoados e, principalmente no período invernoso, enfrenta problemas com a trafegabilidade de veículos em virtude das condições das estradas, o que gera grandes dificuldades no deslocamento da sede para os povoados e também para transportá-los até São Luis.

Por isso, segundo Manoel Ribeiro, faz-se necessário um veículo tipo 4×4, apropriado para tais estradas.

Na outra indicação, Manoel Ribeiro reivindica ao diretor de Relações Institucionais da Cemar, José Jorge Leite Soares, providências no sentido de viabilizar a implantação de energia elétrica, através do programa “Luz Para Todos”, em várias localidades pertencentes ao município de Anajatuba.

As localidades são: Projeto Fomento – povoados Quilombolas do Bacabal e Fomento, com cerca de 15 famílias; Projeto Cumbi – povoado Quilombola do Centro do Isidoro, com cerca de 25 famílias; Projeto Ponta do Campinho a Troitá – povoados Teso do Bom Prazer, Juçatuba, Capim Açu, Malhada Alta, Ilhado Alegre, Ilha do Deserto, Ilha do Meio, Ilha do Melão, Ilha do Morcego, Boragica, Ilha do Murici, Ponta da Ilha, Ilha das Ostras; Ilha das Cajazeiras, Aningau, Bebedouro e Espora, com cerca de 200 famílias; Projeto Rosário – povoados Cravo e Rosário, com cerca de 10 famílias; e Projeto Olho D” Água – povoados Bom Jardim, Capim, Gado Bravo I e II, Gavião, Olho D”Água e Quebra, com cerca de 20 famílias.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Portal Jornal Pequeno