Mares Guia vai discutir sobre a concessão de licença de hidrelétricas

PTB Notícias 9/06/2007, 19:52


O ministro de Relações Institucionais, Walfrido dos Mares Guia reuniu-se, na tarde desta quinta-feira (07/06), com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio da Alvorada, para discutir sobre as negociações em torno da concessão da licença prévia para a construção das duas hidrelétricas no Rio Madeira (Jirau e Santo Antônio).

Mares Guia disse que as negociações estão em andamento e que “está havendo um esforço enorme por parte do presidente Lula e do Ministério do Meio Ambiente para encontrar a solução que todos buscam: a autorização”.

-Preciso ressaltar que tem que ser feito tudo dentro da lei e com todo cuidado técnico.

Lula está reunido com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e o presidente interino do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Bazileu Alves Margarido Neto, que já estiveram no palácio hoje.

As duas usinas que o governo federal quer construir no rio, em Rondônia, somam 6.

450 megawatts – aproximadamente metade da potência de Itaipu, a usina mais potente do país.

A obra depende da concessão de licença prévia pelo Ibama, que, em 23 de abril, publicou parecer recomendando a não-emissão da licença e pedindo a elaboração de um novo estudo de impacto ambiental (EIA) para o consórcio formado entre Furnas Centrais Elétricas e a Construtora Norberto Odebrecht.

No lugar de um novo EIA, foram aceitos estudos complementares, como em diversas outras ocasiões ao longo da análise da documentação.

O consórcio os apresentou em 11 de maio e, na última sexta-feira, representantes do governo e especialistas os discutiram em reunião no Palácio do Planalto.

O ministro disse que o presidente Lula respeita o trâmite técnico dos empreendimentos e que o governo espera que tudo seja equacionado, para que no prazo adequado se tenha a notícia de que sairá a aprovação.

Sobre a nomeação do novo ministro de Minas e Energia, Mares Guia informou que só será acertada quando o presidente voltar da viagem ao exterior na próxima semana.

Fonte: JB Online