Maria Leonor e Lara estudam mudança de sede da Fundergs

PTB Notícias 25/01/2008, 14:11


Com o objetivo de ampliar a prestação de serviços de qualidade à população, a secretária da Administração e dos Recursos Humanos do Rio Grande do Sul, Maria Leonor Luz Carpes (PTB/RS), reuniu-se na tarde desta quinta-feira (24/01) com o secretário estadual do Turismo, Esporte e Lazer, Luís Augusto Lara (PTB/RS) para tratar de questões relativas ao quadro funcional e ao espaço físico da Fundação de Esporte e Lazer do RS (Fundergs).

Maria Leonor disse que a Fundergs, lotada no prédio do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), terá que deixar o local para ceder espaço à Procuradoria Geral do Estado (PGE).

“Uma movimentação leva à outra.

Precisamos encontrar a melhor forma para acomodar todos os órgãos do governo, priorizando a prestação de serviços e a otimização dos espaços”, destacou a secretária da Administração.

Lara ressaltou que se a Fundergs mudasse para o Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF) ganharia com agilidade.

“Estando mais perto conseguiríamos dar um ritmo mais dinâmico às nossas atividades”, avaliou o titular da Setur.

Maria Leonor se comprometeu a avaliar com a equipe responsável pela reorganização de espaços do CAFF essa possibilidade.

Na mesma audiência Lara pediu à Maria Leonor uma avaliação da situação dos recursos humanos da Fundergs.

Segundo o secretário, uma das áreas em que a Fundação enfrenta problemas é a contábil.

A titular da SARH lembrou que outras fundações também passam pela mesma dificuldade.

“Essa será uma das questões atendidas pela avaliação de quadros e carreiras que estamos iniciando”, informou Maria Leonor, comprometendo-se a encontrar uma alternativa com a equipe técnica da Secretaria da Administração.

Também participaram da reunião o presidente da Fundergs, Carlos Antônio Finck, o diretor administrativo do Daer, Ricardo Guimarães Moura, o secretário adjunto da SARH, Alfredo Scherer Neto, e os diretores de Patrimônio do Estado e de Administração do CAFF, Edir Domeneghini e Paulo Ott, respectivamente.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do PTB/RS)