Marlene C. Machado ministra palestra sobre o empoderamento feminino

PTB Notícias 22/06/2015, 9:02


A convite da Secretaria da Mulher de Barueri (SP), a presidente nacional do PTB Mulher, Marlene Campos Machado, ministrou, na quarta-feira (17/6/2015), palestra sobre empoderamento feminino e os estágios de poder necessários para que, cada vez mais, as mulheres ocupem espaços na tomada de decisão, sejam eles na gestão de empresas, na política ou outras zonas de influência social.

Com o título “Mulheres: da independência à influência”, a coordenadora da campanha por mais mulheres no Parlamento analisou a ascensão feminina em diversos setores como educação, renda e liderança e argumentou que, dentro de um panorama histórico, “as mulheres não só dão as cartas da própria vida, já superando o estágio de sobrevivência, como já iniciam no ciclo de influência, tendo condição de inspirar outras pessoas a promoverem mudanças na sociedade”.

Em sua análise, Marlene destacou que mudanças estruturais na sociedade — em relação à ampliação das liberdades civis e à baixa importância da força física para produtividade do trabalho — tiveram papel relevante na ampliação de mulheres em espaços de poder.

“Até o final do século 19, as mulheres não podiam escolher quando engravidar, não podiam votar, não tinham o direito sequer de estudar.

As únicas figuras que a sociedade conhecia era o homem provedor e a mulher doméstica, submissa.

O crescimento do intelecto como fundamento da produtividade do trabalho e a aceitação por parte da sociedade de que a mulher tivesse direitos e obrigações iguais aos homens, foram os fatores importantes para que superássemos o panorama antigo”, analisou.

Ainda sobre a participação das mulheres no que chamou de zona de influência, a presidente do PTB Mulher ressaltou que “as mulheres já controlam mais de U$ 14 trilhões dos ativos mundiais, isso representa mais de 80% do PIB dos EUA e já praticamente superaram a desigualdade educacional”.

Líder nacional de um movimento político com mais de 150 mil seguidoras atuantes, o PTB Mulher, Marlene Campos Machado também dividiu com o público sua experiência ao disputar o Senado nas Eleições 2014, sua primeira candidatura e que lhe rendeu quase 400 mil votos e reafirmou a importância das pessoas de bem atuarem na política.

“Foi um grande desafio, mas confesso que não me intimidei.

Muitas vezes nós mesmos nos boicotamos, algo que pode nos bloquear.

Mas temos que ter determinação lutar pelo o que acreditamos, é o que chamo de sonhar e fazer acontecer”, disse.

“É fundamental que as mulheres conquistem o seu espaço e estejam na tomada de decisão, e, para isso, vocês precisam estar filiadas em um partido, numa agremiação política, não há meio mais eficaz para levar as ideias, as propostas para melhorar nosso país, se não estivermos inseridas no trabalho político.

“Organizado pela Secretaria da Mulheres de Barueri, o evento foi intitulado “Mulheres, Mais política, Mais poder” e também contou com a palestra de Elizabeth Darci Cunha, técnica da Fundação Cepam.

Entre as autoridades estavam a secretária da Mulher de Barueri, Giane dos Santos Lima, a secretária-adjunta Shilma Machado e o vereador Celso Callegari (PDT).

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do PTB-SPFoto: Divulgação