Marlene C. Machado participa de sessão do Dia Internacional da Mulher

PTB Notícias 8/03/2016, 8:54


Na manhã de segunda-feira (07/03/2016), a presidente nacional do PTB Mulher e pré-candidata do partido à Prefeitura de São Paulo, Marlene Campos Machado, participou da Sessão Solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, na Câmara dos Vereadores de São Paulo.

“Mesmo com todos esses avanços, as mulheres ainda sofrem discriminação, mas com empenho e determinação temos alcançado o nosso espaço”, afirmou, citando o preconceito ainda existente.

Rubens Calvo, vereador proponente e que presidiu a Sessão Solene, destacou a ativa participação feminina na grande maioria de projetos e obras sociais.

Para ele “quem sempre participam dos movimentos sociais são as mulheres”.

Médico, Calvo também analisou que a volta do desemprego tem impactos nos índices de violência e contou algumas experiências que teve em sua profissão e como a falta de estrutura familiar pode fomentar atos de violência domésticaSobre a política, os discursos apontaram a alta desigualdade de gênero nos espaços de poder.

A líder do maior movimento de mulheres na política, Marlene Campos Machado, ressaltou:” Somos a maioria e mesmo quando somos esforçadas, competentes e preparadas ainda permanecemos sub-representadas.

será que não é o momento para que nós mulheres comecemos a ocupar os espaços de poder?”, questionou ela que também coordena todos os partidos políticos na campanha nacional por Mais Mulheres na Política, responsável pela PEC 98/2015 aprovada e primeira instância no Senado FederalComplementando a fala de Marlene, a Delegada Rose Correa, presidente do Conselho Estadual da Condição Feminina, afirmou que:”Além de ocupar os espaços temos que nos perguntar o que estamos fazendo neles, essencialmente no que diz respeito a abrir espaços para novas lideranças”.

Ela frisou ainda que, não só na política, mas que, também, nos espaços empresariais “há muitas mulheres que incorrem no erro de serem mais machistas que outros homens” e que as mulheres líderes precisam, além de ser competentes, “ter a sensibilidade de fazer algo que transforme a sociedade”Já Secretária Municipal Marianne Pinotti destacou a importância da união de homens e mulheres nessa luta:”Temos unir forças não só nessa semana, mas no ano inteiro”.

E sobre a violência ressaltou a importância de manter todos esses temas em foco.

Para ela “não podemos perder a capacidade de nos indignar contra a violência principalmente a violência contra a mulher”.

Em complemento à fala as Secretária, a promotora de Justiça Luciana Bergamo disse que precisamos “educar nossas crianças, desdo cedo, para que meninos entendam que as meninas são suas propriedades e para que as meninas compreendam que não devem se submeter a nenhum tipo de violência.

“Também compuseram a mesa de honra Sebastião Oliveira, coordenador do Instituto Maria da Pena (que apresentou seu trabalho com a literatura de cordel como forma de combate à violência); kátia Boulos ( OAB- Mulher); Ivone Frederico e Bruna Lee ( PMDB Mulher).

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria de Marlene Campos Machado Foto: Divulgação/Assessoria