Marques Abreu destaca excelência de Centro de Treinamento da UFMG

PTB Notícias 15/03/2012, 17:37


Uma referência para a prática esportiva e para a formação de profissionais das áreas de educação física e saúde.

A aposta, que diz respeito ao Centro de Treinamento Esportivo da UFMG, é do presidente da Comissão de Esporte, Lazer e Juventude da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Marques Abreu (PTB), que visitou o complexo nesta segunda-feira (12/03/2012).

A visita foi acompanhada pelo secretário de Estado adjunto de Esportes e da Juventude, Rogério Romero, e pelo diretor da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG, Emerson Silami Garcia.

O requerimento para a visita é dos membros efetivos da comissão.

O complexo esportivo, que está em obras, está orçado em R$ 65 milhões e é fruto de um convênio da Universidade com o governo de Minas.

O espaço será voltado para a preparação de atletas de alto nível, formação de recursos humanos, pesquisa e ensino.

Para o secretário adjunto Rogério Romero, há carência desse tipo de espaço no Estado e a intenção é que o uso seja compartilhado por várias modalidades esportivas, para melhorar o desempenho tanto de atletas de alto nível, quanto os de categorias de base.

As obras estão divididas em três fases.

A primeira é a construção da pista de atletismo, que está em fase de acabamento, e deverá ser inaugurada ainda este ano, de acordo com o secretário.

A pista será do tipo 1, oficial, em que valem os recordes, por exemplo.

A segunda fase, em andamento, inclui piscina, centro médico, vestiários e outras instalações.

A terceira fase é composta por pavilhão com ginásios e um vão livre reservado a esportes de quadra.

AlojamentoO deputado Marques Abreu elogiou o centro e destacou que ele “é o início de um projeto excelente, que representa crescimento para o esporte em todo o Estado”.

O petebista destacou a necessidade de se construir, futuramente, um alojamento para atletas do interior e considerou que os resultados do complexo podem atrair recursos para essa etapa.

O diretor da Escola de Educação Física, Emerson Silami Garcia, salientou que o centro será um lugar para que estudantes dos cursos da área de saúde da UFMG, como fisioterapia, nutrição e enfermagem, tenham experiência para trabalharem com atletas.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa de Minas GeraisFoto: Alair Vieira/Assembleia Legislativa de MG